Abrir popup Play Video

Boletim

Rosário, nossa confiança contra às ciladas do inimigo!

20 outubro 2017
Rezar o Rosário

Rezar o Rosário

.
Da Encíclica “Jucunda semper” de Leão XIII, de 8-9-1894: 


Desde a origem do Rosário, é conhecido seu poder, quer pela tutela da santa fé contra os criminosos ataques dos hereges, quer pelo levantamento e sustento da glória das virtudes, que se evidenciou em meio da corrupção do mundo. 


É conhecido seu poder pela seqüência perene de benefícios 
particulares e públicos,em cuja memória se levantaram preclaras instituições e monumentos em toda a parte. (…)


Hoje em dia, o mundo precisa mais do que nunca dos auxílios do Alto.

São muitos os que oprimem a Igreja por toda a parte, em relação aos Seus direitos e à Sua liberdade.

São muitos que abalam profundamente a prosperidade e a paz dos cidadãos cristãos.

Ora, para merecermos o auxílio do Céu, pomos toda a Nossa confiança no Rosário – mais uma vez e solenemente o declaramos.

Oxalá a esta santa e antiga devoção se renda louvor em toda a parte, como é Nosso desejo ardente: que seja praticada e querida nas cidades e nas vilas; nas famílias e nas oficinas, pelos grandes e pelos pequeninos;

Não somente como preclara senha de profissão cristã, como também para obter a proteção da clemência divina.

Tanto mais necessário e urgente é, quanto mais a louca perversidade dos ímpios se esforça em maquinações e ousadia;


Provocando a ira da Divina Majestade e atraindo os justos castigos sobre a pátria.

.
Fonte: pliniocorreiadeoliveira.inf.br

.
.
*  *  *

.
TESTEIRA-EMKT-TERCO

Sabia que um sacerdote inventou uma das principais escalas de medição de sismos?

19 outubro 2017
Padre Mercalli

Padre Mercalli

.
Um dos sistemas mais utilizados pelos cientistas para medir um terremoto é a escala de Mercalli.


O que poucos sabem é que este sistema foi desenvolvido por um sacerdote católico italiano chamado Giuseppe Mercalli.

Mercalli nasceu em Milão em 1850, em uma família de comerciantes.

Durante a sua juventude sentiu o chamado à vida consagrada e entrou no seminário de Monza e logo depois se mudou para Milão.


Foi ordenado sacerdote aos 21 anos.


O jovem sacerdote sentia uma predileção pelo estudo dos fenômenos que afetam a superfície da terra, então decidiu estudar Ciências Naturais, graduando-se em 1874.

Naquela época, foi discípulo de Pe. Antonio Stoppani, geólogo e paleontólogo.

Pe. Mercalli ensinou ciência no seminário de Monza e depois estudou geologia e mineralogia na Universidade de Catania.

Em 1892, mudou-se ao sul da Itália para ser professor na Universidade de Nápoles.

Estudou o vulcão Vesúvio e a atividade sísmica registrada na área. Um ano depois, houve um terremoto na ilha de Ischia e o sacerdote se dirigiu ao local para estudar seus efeitos.

A Pontifícia Academia dos Novos Linces, que em 1936 foi renomeada como a Pontifícia Academia das Ciências, o enviou a Andaluzia, na Espanha, a fim de que investigasse os terremotos que ocorreram na região no final do século XIX.

O estudo dos terremotos o levou a criar em 1902 o sistema de medição que logo foi conhecido como Mercalli, utilizado para medir a intensidade dos terremotos segundo os danos materiais.

Cinco anos depois, publicou um livro intitulado “Os vulcões da Terra”.

Devido à repercussão científica dos seus estudos sobre os vulcões, em 1911 foi nomeado diretor do Observatório Vesuviano de Nápoles, cargo que exerceu até a sua morte.


Em seus diversos trabalhos científicos, mostrou repetidamente que a ciência não se opõe à fé, mas à oportunidade de estudar a criação de Deus.


Além disso, o vulcanólogo também sentia uma propensão pelos textos filosóficos do Beato Antonio Rosmini, fundador da congregação Instituto da Caridade, que falavam sobre a moralidade, a justiça social e o conhecimento de Deus.

Pe. Mercalli morreu em 1914, durante um incêndio em sua casa em Nápoles.

Embora as causas não sejam claras, a hipótese mais conhecida pelos historiadores é que uma lâmpada de parafina caiu em cima dele, enquanto realizava uma experiência. Outros afirmam que foi assassinado.


A Escala Mercalli

Para realizar esta escala, Pe. Mercalli se baseou no sistema de medição de terremotos de dez graus desenvolvido por Michele Stefano Conte de Rossi e François-Alphonse Forel.

Os doze graus da escala de Mercalli são representados em números romanos.

Medem a intensidade do terremoto através do movimento que as pessoas percebem e dos danos materiais provocados.

A classificação varia de “Muito fraco”: quase imperceptível; até “Catastrófico”: destruição total com poucos sobreviventes.


Este sistema de medição foi melhorado alguns anos depois pelo sismólogo americano Charles Richter, autor da escala que mede a magnitude do terremoto através da energia liberada.

.
Fonte: acidigital.com

.
.
*  *  *

.
TESTEIRA-EMKT-TERCO

Hoje padre Manoel da Nóbrega completa 500 anos, o que mudou?

18 outubro 2017
Padre Nóbrega abençoando as tropas, pintura de Benedito Calixto.

Padre Nóbrega abençoando as tropas, pintura de Benedito Calixto.

.

O Padre Manuel da Nóbrega, qualificado a muito justo título de “Primeiro Apóstolo do Brasil”, nasceu em 18 de outubro de 1517 — exatamente há cinco séculos — em Sanfins do Douro, Província de Trás-os-Montes (Portugal), e faleceu no Rio de Janeiro em 18 de outubro de 1570, dia em que completava 53 anos.


O Brasil, em seu processo civilizatório, muito deve ao monumental esforço do Padre Nóbrega, que juntamente com o Padre Anchieta e outros heroicos missionários catequizaram, civilizaram e salvaram nossos indígenas, libertando-os de seus costumes tribais que incluíam práticas de bruxaria, canibalismo etc.


Hoje, entretanto, uma nova corrente de missionários indigenistas procura relegar e silenciar a memória desses gigantes da fé, e até mesmo desprezar sua fantástica epopeia.


Ao mesmo tempo, desejosos de deitar por terra o nosso passado glorioso, esses neomissionários esquerdistas agitam o País com arengas favoráveis ao primitivismo dos indígenas, promovendo, por exemplo, a demarcação de suas terras para que nelas vivam como num zoológico, distantes e sem o bafejo da civilização, inflamando-os contra os brancos, provocando uma fratricida luta de raças e de classes.

Em memória do V centenário do nascimento do grande Padre Manuel da Nóbrega, segue uma análise de Plinio Corrêa de Oliveira, extraída de sua obra Tribalismo Indígena, ideal comuno-missionário para o Brasil no século XXI, publicada em 1977:

“Quomodo obscuratum est aurum! Como chegou a tornar-se escuro o ouro! — exclama o profeta Jeremias (Lm. 4, 1).

Desde Nóbrega e Anchieta, a luminosa atuação dos missionários em nosso País consistiu em evangelizar, educar, civilizar nossos irmãos silvícolas.

Mas o ouro inestimável, ao qual a ação missionária tradicional pode ser comparada, obscureceu-se.

Em nossos dias, uma poderosa corrente missionária, influenciada pelo progressismo cada vez mais difundido em nossos meios eclesiásticos, visa precisamente o contrário:

Proclama o estado dos silvícolas como a própria perfeição da vida humana, opõe-se à integração do silvícola na civilização, afirma o caráter secundário — quando não a inutilidade — da catequese, e não poupa críticas à ação dos grandes missionários de outrora, nem mesmo a de Nóbrega e Anchieta, os quais o Brasil todo venera.

Do fundo de nossas selvas, esses neomissionários lançam apelos em prol da luta de classes, que desejam ver corroendo, até às entranhas, o Brasil civilizado.

O estudo do pensamento dessa corrente neomissiológica é indispensável para quem queira conhecer a grande crise da Igreja no Brasil.

E compreender de que maneira essa crise tende a contagiar o País, transformando-se, de crise da Igreja, em crise do Brasil”.


.

Fonte: abim.inf.br

.
.
*  *  *

.
Não deixe de rezar o Rosário, baixe GRÁTIS!

.
.
TESTEIRA-EMKT-TERCO

Mês do Rosário! Uma arma contra os inimigos da Fé!

17 outubro 2017
Santo Rosário, a arma de todo cristão!

Santo Rosário, a arma de todo cristão!

.
Da Encíclica “Octobri mense” de Leão XIII, de 22-9-1891:


Segundo a tradição, a mesma Rainha celeste deu-a, por sua revelação, ao ínclito Pai Domingos com a ordem de propagá-la através de épocas hostis ao nome cristão, comparáveis à nossa.

Deu-lhe este quase instrumento bélico, para combater os inimigos da fé.

A seita dos heréticos albigenses, proveniente dos detestáveis maniqueus, invadiu, clandestina ou abertamente, muitas regiões, causou imensos erros e dissimulações, trazendo à Igreja golpes mortais e muita adversidade.


Já não havia confiança no presídio dos homens contra as turbas insolentes e funestíssimas, quando veio o auxílio de Deus, por meio do Rosário mariano.


Assim sendo, por intermédio da Virgem, gloriosa Vencedora de todas as heresias, foram repelidos e destruídos os exércitos dos ímpios e foi salva e incólume a fé de muitíssima gente.

Fatos semelhantes, ou de perigos afastados, ou de benefícios recebidos, comemora a história antiga e a mais recente com testemunhos importantíssimos.”

.
Fonte: pliniocorreadeoliveira.inf.br

.
.
*  *  *

.
TESTEIRA-EMKT-TERCO

Mês do Rosário. Lepanto, uma vitória do Rosário!

16 outubro 2017
Batalha de Lepanto, heroísmo de São Pio V.

Batalha de Lepanto, heroísmo de São Pio V.

.
Da Encíclica “Supremi Apostolatus” de Leão XIII, de 1º de novembro de 1883: 


A eficácia e o poder da mesma oração (o Santo Rosário) foram depois experimentados também no século XVI, quando as imponentes forças dos turcos ameaçavam sujeitar quase toda a Europa ao jugo da superstição e da barbárie.

Nessa circunstância, o Pontífice São Pio V, depois de estimular os soberanos cristãos à defesa de uma causa que era a causa de todos;

Dirigiu todo o seu zelo a obter que a poderosíssima Mãe de Deus, invocada por meio do Santo Rosário, viesse em auxílio do povo cristão.

a resposta foi o maravilhoso espetáculo então oferecido ao Céu e à terra; espetáculo que empolgou as mentes e os corações de todos!

Com efeito, de um lado os fiéis prontos a dar a vida e a derramar o sangue pela incolumidade da Religião e da pátria, junto ao golfo de Corinto esperavam impávidos o inimigo;

E de outro lado, os que estavam sem armas, em piedosa e súplice falange, invocavam a Maria, e com a fórmula do Santo Rosário repetidamente A saudavam, a fim de que assistisse aos combatentes até a vitória

E Nossa Senhora, movida por aquelas preces, os assistiu: porquanto, havendo a frota dos cristãos travado batalha perto de Lepanto, sem graves perdas dos seus, derrotou e aniquilou os inimigos, e alcançou uma esplêndida vitória.

Por este motivo o santo Pontífice, para perpetuar a lembrança da graça obtida, decretou que o dia aniversário daquela grande batalha fosse considerado festivo em honra da Virgem das Vitórias;


Festa que depois Gregório XIII consagrou sob o título do Rosário.

.
Fonte: pliniocorreadeoliveira.inf.br

.
.
*  *  *
.
Neste mês do Rosário, não deixe de baixar o Aplicativo do Terço de Fátima!

.
TESTEIRA-EMKT-TERCO

Tecnologia a favor da Fé, primeiro museu 360º graus é inaugurado pela festa do Círio de Nazaré.

15 outubro 2017
museu-digital-cirio-nazare

Visita virtual a Festa do Círio de Nazaré. Fonte: G1 – globo.com

.

Como sabemos no próximo domingo celebramos a festa do Círio de Nazaré, uma procissão de tradição que remonta mais de 300 anos!


Esta festa é celebrada na cidade de Belém, no Pará, todos os anos ao segundo domingo de outubro.

A principal atração é a procissão de Nossa Senhora de Nazaré, que reuni milhões de fiéis pelas ruas da cidade, a festa dura 15 dias!

São participantes, além da população local, pessoas vindas de todos os estados, inclusive de fora do país, isso mostra que está festa não chama atenção apenas pela devoção, mas pelo turismo que leva até a região.


E neste ano temos uma novidade especial, o primeiro Museu em 360º graus do Brasil, foi criado para o Círio de Nazaré, na cidade de Belém.


Nele os fiéis e visitantes poderão ter experiências tecnológicas em imagens de 360º graus e realidade virtual.

Isso mostra a importância da tecnologia junto à devoção, é uma forma das pessoas conhecerem mais ainda sobre Nossa Senhora de Nazaré, mais fiéis poderão elevar à Ela seus pedidos e suas promessas, de qualquer lugar do mundo!

Além de conhecer e ter um senso mais próximo daquilo que acontece nesses 15 dias, onde muitos pela distância não podem participar.


Neste ponto, também nós da Associação Devotos de Fátima, colocamos disponível gratuitamente, para você, a vela virtual de Nossa Senhora de Nazaré, acenda agora mesmo a sua e coloque seus pedidos.

.
Matéria completa: https://g1.globo.com/pa/para/cirio-de-nazare/2017/noticia/cirio-de-nazare-ganha-museu-virtual-em-360.ghtml

.
.
*  *  *

.
BotaoVela

Milhares se reúnem para rezar o Rosário pelo Mundo. Veja!

14 outubro 2017
Fiéis rezam o Rosário nas fronteiras da Polônia, pela conversão do mundo.

Fiéis rezam o Rosário nas fronteiras da Polônia, pela conversão do mundo.

.
Centenas de milhares de poloneses rezaram o rosário no sábado ao longo dos 3.500 quilômetros das fronteiras da Polônia para pedir a Deus, através da Virgem Maria, pela paz no país e no mundo.


O evento foi chamado de “Rosário nas fronteiras” e foi convocado por um grupo de leigos, com o apoio de bispos e sacerdotes.

Antes da oração mariana, os fiéis se reuniram em aproximadamente 320 igrejas em 22 dioceses.

Com mais de 90% da sua população católica, a terra natal de São João Paulo II também é conhecida pelo amor à Virgem Maria na devoção de Nossa Senhora de Czestochowa, Padroeira do país, que neste ano comemora 300 anos da sua primeira coroação canônica.

As orações se espalharam pelo Mar Báltico, pelas montanhas que separam o país da Eslováquia e da República Tcheca, assim como pelo resto das fronteiras.

Na fronteira tcheco-polonesa, próxima à cidade de Szklarska Poreba, centenas de crentes chegaram em dezenas de ônibus e carros na cordilheira de Karkonosze para caminhar ao longo da fronteira.


Jovens, idosos e famílias com crianças pequenas enfrentavam o frio para participar do evento com rosários em suas mãos.


De acordo com os organizadores, a convocação aconteceu por ocasião dos 100 anos das aparições da Virgem de Fátima, que encorajou os três pastores, Irmã Lucia e os Santos Jacinta e Francisco Marto, a rezar o rosário pela paz no mundo e pela salvação das almas.

Do mesmo modo, esta oração em massa também coincidiu com a Festa de Nossa Senhora do Rosário, estabelecida no dia 7 de outubro por São Pio X;


Em memória da vitória cristã sobre os turcos na Batalha de Lepanto em 1571, que impediu que a Europa caísse no poder das tropas muçulmanas e colocasse o cristianismo em perigo.


Como se recorda, antes da batalha, o Papa Pio V pediu que todos os cristãos rezassem o rosário e fizessem jejum pedindo o auxílio da Virgem Maria diante desse perigo.

Enquanto acontecia o combate, organizaram a procissão do Rosário em Roma.

A tradição conta que, em um momento, o Santo Padre disse a um grupo de cardeais que este era o momento de “agradecer a Deus pela vitória que ele conferiu às armas cristãs”.


A vitória sobre a ameaça islâmica foi confirmada posteriormente.

.
Fonte: acidigital.com

.
.
*  *  *

.
TESTEIRA-EMKT-TERCO

Há exatos 100 anos, acontecia o maior Milagre deste Século – Conheça o Milagre do Sol:

13 outubro 2017
70.000 pessoas testemunharam o maior Milagre do século.

70.000 pessoas testemunharam o maior Milagre do século.

 

por Peter Chojnowski, Ph.D.

 

O Milagre do Sol aconteceu no dia 13 de Outubro de 1917 na Cova da Iria, que fica perto de Fátima, uma aldeia de Portugal.


Foi a pastorinha Lúcia que, em 13 de Julho de 1917, pediu à Virgem Santíssima “para fazer um milagre com que todos acreditem que Vossemecê nos aparece.”

Repare-se que a Lúcia quer que “todos” aceitem a Mensagem e a aparição de Nossa Senhora aos pastorinhos, pois ela bem sabia que a Mensagem não se destinava só aos três pastorinhos, destinava-se ao mundo inteiro.

Nossa Senhora respondeu a este pedido prometendo uma coisa muitíssimo específica: a Senhora disse que viria fazer “um milagre que todos hão-de ver, para acreditarem” em Outubro.

Temos aqui a indicação de uma altura específica e de uma audiência universal;


Esta promessa de um milagre foi repetida pela Mãe de Deus nas Suas aparições de 19 de Agosto e 13 de Setembro.


Vemos nisto o alcance da Mensagem de Fátima – que o Milagre havia de verificar e confirmar – haveria um milagre para todos verem, de modo a confirmar a verdade e a urgência contidas na própria 
Mensagem.

E seria feito para todos verem e, portanto, para que todos acreditassem.

O que aconteceu naquele dia, naquele campo de Portugal? Que este milagre realmente aconteceu, não pode haver qualquer dúvida.

O que é mais impressionante, contudo, é que ninguém se questionou sobre qual seria o verdadeiro conteúdo desse acontecimento;


Mais ainda, nunca li qualquer tentativa de refutação ou um cenário alternativo sobre o que naquele dia aconteceu na Cova da Iria.


A única resposta dos seus potenciais antagonistas seria ignorar aquele evento.

Contudo, a Bem-Aventurada Sempre Virgem Maria parece que tornou o acontecimento intencionalmente tão óbvio que teria sido impossível que alguém o ignorasse.

É de admirar que, no nosso tempo, nós possamos ignorar o Milagre do Sol, porque ninguém naquela altura o ignorou.

70 mil pessoas, tanto crentes como descrentes, assim como repórteres de diversos jornais seculares e até anti-Católicos assistiram ao evento e noticiaram-no.

Naquele frio e enevoado dia 13 de Outubro, a multidão estava encharcada até aos ossos e de pé num mar de lama, devido à chuva torrencial que caíra naquele dia.

Todavia, exatamente à hora predita – ao meio-dia da hora solar – começou o milagre.

.

As nuvens primeiro abriram-se e a chuva parou instantaneamente.

O sol, agora brilhante e perfeitamente visível por todos, parecia transformar-se num disco de prata que os olhos desprotegidos podiam var sem qualquer dificuldade.

Então, durante os 12 minutos seguintes, o sol dançou no céu, ziguezagueando para um lado e para outro, emitindo as cores brilhantes do arco-íris, antes de se precipitar sobre a terra, aterrorizando a multidão, e regressando à sua posição no céu. 

Podemos ler a descrição deste milagre, feita por um homem que esteve lá naquele dia e que lá se deslocou não esperando ver nada e ser uma testemunha hostil.

Mas este jornalista, Avelino de Almeida, do jornal maçônico O Século, escreveu na altura o seguinte – e até publicou fotografias do acontecimento: 

“Do cimo da estrada, onde se aglomeram os carros e se conservam muitas centenas de pessoas, a quem escasseou valor para se meterem à terra barrenta, vê-se toda a imensa multidão voltar-se para o sol, que se mostra liberto de nuvem, no zênite.


O astro lembra uma placa de prata fosca e é possível fitar-lhe o disco sem o mínimo esforço. Não queima, não cega…


Mas eis que um alarido colossal se levanta, e aos espectadores que se encontram mais perto se ouve gritar:

Milagre! Milagre!… Maravilha!… Maravilha!

Aos olhos deslumbrados daquele povo, cuja atitude nos transporta aos tempos bíblicos e que, pálido de assombro, com a cabeça descoberta, encara o azul, o sol tremeu, o sol teve nunca vistos movimentos bruscos, fora de todas as leis cósmicas – ‘o sol bailou,’ segundo a típica expressão dos camponeses.”

Este é o relato do Sr. Avelino de Almeida.


Embora fosse atacado pelos seus companheiros maçons por ter publicado a descrição do Milagre do Sol, recusou-se a retratar a sua história, chegando mesmo a publicar uma narrativa semelhante dos acontecimentos duas semanas mais tarde – e desta vez com fotos.

Contra factum non argumentum est. “Contra fatos não há argumentos.”


O Milagre do Sol é o único milagre público pré-anunciado da História Mundial.


Nunca antes anunciara Deus com antecedência um milagre que iria ser publicamente operado, e especialmente com o propósito de confirmar uma Mensagem profética, destinada a toda a humanidade, e silenciar os inimigos de Deus.

Até mesmo o maior milagre de todos os tempos – a Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo – não foi um milagre público desta magnitude, porque o Cristo Ressuscitado não apareceu logo a
dezenas de milhar de pessoas para as converter a que acreditassem.

Além disso, a grandeza cosmológica do milagre é sem precedentes.

Até o milagre de Josué, que aumentou o dia parando o sol, não se lhe pode comparar.

Porquê, este milagre sem precedentes?


Por uma razão evidente: porque a Mensagem de Fátima também é sem precedentes, única tanto nas bênçãos prometidas como nos castigos anunciados.

.

Fonte: www.fatima.org

.
.

*   *   *

.
Neste Centenário da Mensagem de Fátima, no dia de sua última aparição, não deixe de acender sua vela na
Missa da última aparição de Nossa Senhora de Fátima!

.
BotaoVela

Próxima Página »

Receba diariamente:
Mensagens de Fé e de áudio, Novenas, Orações e muito mais no seu e-mail.

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Rosário, nossa confiança contra às ciladas do inimigo! Leia Mais +
  • Sabia que um sacerdote inventou uma das principais escalas de medição de sismos? Leia Mais +
  • Hoje padre Manoel da Nóbrega completa 500 anos, o que mudou? Leia Mais +
  • Mês do Rosário! Uma arma contra os inimigos da Fé! Leia Mais +
  • Mês do Rosário. Lepanto, uma vitória do Rosário! Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima. Basta ligar para: (11) 4368-2253

Rua: David Pimentel, 745, Fazenda Morumbi
CEP 05657-010 - Sáo Paulo/SP

Política de Privacidade