Os doze emblemas da Santíssima Virgem – parte I

O presente artigo relaciona-se com outro, publicado pelo boletim, intitulado As prefiguras bíblicas de Nossa Senhora: uma análise de personagens femininas do Antigo Testamento, cujas vidas prenunciaram a Mãe de Deus. Trata-se de um aprofundamento, com vistas a auxiliar os leitores a adquirir maior conhecimento daquela que é a obra-prima da criação, e assim aumentar sua devoção a Ela. Por Marcos Aurélio Vieira

 

Capa_maioAo longo dos tempos, o conhecimento e a doutrina a respeito da Santíssima Virgem, bem como a devoção a Ela, desenvolvem-se segundo uma trajetória muito especial. Não é um crescimento sempre contínuo, mas muitas vezes ritmado, como o movimento das ondas numa maré montante.

As ondas erguem-se, atingem um clímax e rebentam; depois retrocedem, até que a onda seguinte leve mais adiante o impulso da maré. Trajetória que pode também ser comparada ao crescimento de uma árvore. Há sucessivas eclosões primaveris, seguidas de repousos invernais. Cada período descobre mais algum traço da fisionomia da Virgem Santíssima.

Em seu Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem, São Luís Maria Grignion de Montfort diz: “A alma da Santíssima Virgem se comunicará a nós para glorificar o Senhor; seu espírito tomará o lugar vosso para regozijar-se em Deus, contanto que pratiqueis fielmente esta devoção”.(1)

Como Nossa Senhora comunica sua alma e seu espírito aos seus fiéis? Em que consiste tal comunicação?

É como que a infusão em nossa alma da intelecção e do querer d’Ela, iluminando a nossa compreensão e movimentando a nossa vontade. É um favor altíssimo e gratuito, pois receber algo da compreensão, da força de vontade e da santidade da Mãe de Deus é um bem inatingível pelas nossas forças.

Basta ponderar que se trata da mais alta das meras criaturas. Uma santidade mais alta do que a de todos os anjos e todos os santos juntos, inferior apenas à santidade infinita de Nosso Senhor Jesus Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem. Ao império de Nossa Senhora está submetido tudo o que existe abaixo de Deus.

Tudo quanto é meramente humano se desfaz com o tempo. Pelo contrário, o que é de Nossa Senhora, por ser Ela cheia de graça, permanece. Unindo-nos assim à Virgem Santíssima, nossos atos podem frutificar por tempo indeterminado, podem produzir conseqüências boas até o fim do mundo.

Podemos ter a esperança de que, praticando bem e fielmente a devoção verdadeira a Nossa Senhora, Ela nos comunicará o seu espírito e a sua alma, donde efeitos maravilhosos se realizarão em nós e por meio de nós.

Condições para conhecer a Santíssima Virgem

Ainda no Tratado da Verdadeira Devoção, São Luís Grignion de Montfort fala das condições para o conhecimento da Santíssima Virgem. Segundo ele, a pessoa deve procurar primeiro limpar-se do espírito do mundo. Mas, como em nossa época o espírito que o mundo adotou é um espírito revolucionário, é preciso primeiramente procurar desfazer-se da mentalidade da Revolução universal, para que Nossa Senhora nos comunique seu entendimento das coisas, condição prévia para depois a amarmos, porque o reto amor nasce do reto conhecimento. Só quando se conheceu bem é que se ama retamente.

E à medida que se ama, o próprio amor leva a querer conhecer mais, como que empurra a alma nas vias do conhecimento. Portanto, o primeiro passo, depois da “limpeza preliminar” da alma, é conhecer bem Nossa Senhora. E São Luís indica as condições.

A primeira condição é, desde logo, a oração. Mas ele especifica: Para este caso, não é qualquer oração, ela necessita ter como objetivo pedir o conhecimento da Santíssima Virgem. É uma altíssima graça a se pedir a Deus Nosso Senhor. Rogar ao Divino Espírito Santo — do qual exatamente partem as graças — que nos torne aptos a conhecer bem Nossa Senhora, a Esposa do Divino Espírito Santo.(2)

Os doze emblemas da Santíssima Virgem

 

Madona do Manto Protetor
Madona do Manto Protetor

A fim de conhecermos bem e cada vez mais profundamente Nossa Senhora, trataremos aqui de seus emblemas, em continuação ao que aqui publicamos há dois anos, em nosso artigo sobre as prefiguras d’Ela ao longo da História.

Da palavra “emblema” proveio o adjetivo “emblemático”. Deriva do latim (emblema, atis), que o tomou do grego (emblema, atos),(3) encerrando uma idéia geralmente moral, apresentada através de um ser vivo ou objeto concreto.

Exemplo de emblema pode-se notar no hino da Hora Prima, do Pequeno Ofício da Imaculada Conceição:

“Salve, prudente Virgem, destinada

Para dar ao Senhor digna morada.

Com as sete colunas da Escritura,

Do templo a mesa ornou-Vos em figura.

Fostes livre do mal que o mundo espanta,

E no seio materno, sempre santa.

Porta dos Santos: Eva, mãe da vida.

Estrela de Jacó aparecida.

Sois armado esquadrão contra Luzbel;

Sede amparo e refúgio à grei fiel”.

As expressões “sete colunas” e “estrela de Jacó” são emblemáticas da Santíssima Virgem.

Diferença entre prefigura e emblema

Por uma série de acontecimentos, episódios, etc., a Providência foi fazendo aparecer ao longo da História personagens femininas que apresentassem traços d’Aquela de quem Ele haveria de nascer. São as prefiguras.

Por meio de sucessivas apresentações, Deus forneceu, de um lado, os elementos para que nas prefiguras as pessoas retas fossem entrevendo a magnitude e a beleza de Nossa Senhora. De outro lado, aquelas prefiguras davam ensejo a que essas pessoas praticassem as virtudes de louvor, admiração, gratidão e imitação, e de alguma forma cultuassem antecipadamente a futura Mãe de Deus.

A par disto, os emblemas — seres vivos ou objetos concretos —, na medida em que foram surgindo, permitiam que as almas elevadas também fossem percebendo as sublimes funções que Nossa Senhora haveria de exercer, e realmente exerce para sempre.

Os doze principais emblemas abaixo comentados — relacionados em itens numerados com algarismos romanos — são simbolizados pelas doze estrelas que circundavam a fronte da Santíssima Virgem, vistas por São João Evangelista. Eles formam como que o diadema ao redor de sua formosa e radiante fronte. Diz São João: “Apareceu em seguida um grande sinal no Céu: uma Mulher revestida de sol, a lua debaixo dos pés, e na cabeça uma coroa de doze estrelas”(Apoc. 12,1).

Fonte: Catolicismo

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima.

Basta ligar para:

0800 608 2128

DÚVIDAS

Clique nas perguntas para ver as respostas

Quando você quiser. Trata-se doação espontânea e não de um título comercial que poderá ser protestado. Para cancelar basta ligar para (11) 4368 2253 ou até nos contatar por outros canais. Mas lembre-se que a sua doação é a forma de participar de um apostolado e até receber graças.

O Grupo Exército da Medalha Milagrosa é formado por pessoas que acreditam na intercessão de Nossa Senhora das Graças através da Medalha Milagrosa e querem espalhar essa devoção pelo Brasil, atendendo ao pedido que Ela fez: “Faça cunhar uma Medalha por este modelo…”. Nossa Senhora pode contar com você?

Quando fazemos algo que nos custa algum sacrifício, isso tem mais méritos aos olhos de Nossa Senhora, Mãe de Misericórdia. Quanto mais você fizer pela Virgem Maria, mais graças estará atraindo para a sua vida. Economizando uma moedinha por dia, 1,00 Real, ao final do mês você terá condições de participar do Grupo Apóstolos de Fátima. Faça um voto de fé e experimente.

Bem, além do cartão de crédito você pode nos ajudar de outras formas. Mas você também pode ver se algum familiar pode lhe emprestar seu cartão de crédito para debitar essa doação. Ele também será incluído nas Missas. Muitas vezes você pode utilizar um cartão de uma loja de departamento, até supermercado. Como um cartão da Riachuelo, C&A, etc., desde que tenham a bandeira VISA ou Mastercard.

Não precisa se preocupar. Nós contratamos um sistema de SITE SEGURO, exatamente como os bancos. Na hora de preencher seus dados no site, veja que terá um cadeadinho no canto superior esquerdo da tela. Ele á a garantia de um site 100% seguro. Pode confiar e ir em frente.

PARABÉNS. São poucas as pessoas que realmente agem para fazer o bem, sem egoísmo. Mas, pessoas como você, geralmente são mais solicitadas dos que os que nada fazem. E Deus, que a tudo vê, saberá recompensá-las. Faça esse gesto por Nossa Senhora de Fátima. Faça como uma promessa ou voto de fé. Ela certamente escutará as suas preces e lhe atenderá.

Claro. Mas lembre-se da Virgem Maria quando o Arcanjo Gabriel lhe perguntou se Ela queria ser a mãe do Messias. Mesmo pobre e mocinha ELA DISSE SIM, sem deixar para depois, afinal, era um pedido do Espírito Santo. Será que a Virgem Maria não está esperando o seu SIM bem agora? Por que deixar para depois?

Pense que a sua ajuda nos permitirá levar este símbolo de Proteção e Bênçãos Marianas a muitas famílias que necessitam. E lembre-se que você contará com missas semanais, terá seu nome levado até o Santuário de Nossa Senhora das Graças e outros presentes. Tudo para lhe agradecer por essa valiosa ajuda. Além disso, você certamente contará com as graças de Maria em sua vida.

Muitos pensam que Missa só se manda celebrar para os falecidos. Ao contrário, ter missas em nossas intenções, enquanto estamos nessa terra, é muito importante. Por isso decidimos por esta forma de lhe agradecer pela sua generosa doação, com este presente de valor infinito. Cada Missa é a renovação do sacrifício de Nosso Senhor.

Sem problemas. Nossa Senhora das Graças quer a ajuda daqueles que o fazem com generosidade e sinceridade. Uma doação obrigada nunca será bem vinda para um apostolado mariano com a missão de difundir a devoção a Nossa Senhora das Graças e a Medalha Milagrosa. Uma doação generosa e dada de boa vontade atrairá bênçãos para você, para sua família e para toda essa obra apostólica.