O que a Mensagem de Fátima nos ensina sobre a Quaresma?

Leia a seguir uma reflexão atemporal realizada pelo Pe. Carlos Cabecinhas, reitor do Santuário de Fátima, sobre o que podemos aprender com a Mensagem de Fátima para viver bem o Tempo de Conversão: a Quaresma

.

.

“A mensagem de Fátima oferece-nos uma verdadeira pedagogia para viver” o tempo da Quaresma, declarou o reitor do Santuário de Fátima, Pe. Carlos Cabecinhas, em sua homilia em março do ano passado, na Cova da Iria, em Portugal.

.

O sacerdote aproveitou o Evangelho do primeiro domingo da Quaresma, o qual relata sobre os 40 dias em que Jesus esteve no deserto e foi tentado pelo diabo, para recordar dois elementos centrais da Mensagem de Fátima que devem ser vividos de modo especial na Quaresma: a conversão e a oração.

.

Pe. Cabecinhas lembrou que nas aparições do Anjo, em 1916, e nas de Nossa Senhora, em 1917, “a conversão é-nos apresentada como essencial”, além disso, em todas as aparições se encontra presente “um apelo à oração”.

.

“Estes são os dois caminhos que o Evangelho nos apresenta”, para a exemplo de Jesus Cristo “convertermos a nossa vida”, ressaltou, segundo o site do Santuário de Fátima.

.

Como enfrentar as tentações nos dias de hoje

.

Em sua homilia, o reitor advertiu que “as tentações que Jesus teve de enfrentar, nos 40 dias de deserto, não são assim tão diferentes das que nós experimentamos e temos de combater”.

.

“Aqui estão presentes todas as opções que acompanharam a sua vida em ministério e todas as tentações são resistidas”, sublinhou o sacerdote, acrescentando que Jesus não se deixa seduzir pelo ter ou pelo poder e não prescinde de seguir a vontade de Deus, que determina as suas escolhas e opções”.

.

O reitor explicou que “por detrás de todas as tentações está sempre em causa a prioridade de Deus na nossa vida, que lugar Lhe damos, que relação temos com Ele. E é nesta relação que se joga a nossa vida de cristãos: se queremos estar com Ele ou ceder às tentações do mundo”.

.

Desse modo, assinalou, o tempo da Quaresma “é-nos oferecido como tempo favorável para a conversão, para examinarmos as nossas opções e escolhas à luz das que foram feitas por Jesus”.

.

Nesse sentido, exortou a ser “sinceros: apesar da nossa vontade sincera e genuína, continuamos a encontrar alguns aspetos a necessitarem de conversão”. Para isso, sugeriu um itinerário baseado em “dois caminhos” que o Evangelho apresenta: “a escuta da palavra de Deus e a oração mais assídua e intensa”.

.

Além disso, Pe. Carlos Cabecinhas recordou “o exemplo da vida dos Santos Pastorinhos”, que deve ser seguido na Quaresma, “pois desafia-nos neste tempo”.

.

“Nas suas vidas (Pastorinhos) encontramos a necessidade de não pecar, de rezar, de consolar a Deus, de reparar os pecados do mundo”, isto é, “encontramos os meios de conversão a que a Quaresma nos convida”, pontuou.

.

“Aproveitemos estes 40 dias para rezarmos mais e melhor e darmos mais tempo à oração”, concluiu.

.

Fonte: ACI Digital 

.


 

.


.

  1. Camila
    2, março, 2020 em 10:33 | #1

    Bom dia Sra Creuza,
    Salve Maria, Mãe de Misericórdia!

    Como vai?

    Será uma honra rezar pelas suas súplicas!

    E para isso acenda sua Vela e inclua seus pedidos pelo link a seguir https://adf.org.br/velario/?origem=10674

    Assim conte com muitas orações sem sair de casa!

    Atenciosamente,
    Associação Devotos de Fátima

  2. 1, março, 2020 em 11:40 | #2

    Peço oração por minha saúde e paz por meus filhos Cláudia Ana Cláudia Claudionor e Cristiane por minha família Santos Cruz Amém

  1. Nenhum trackback ainda.

Receba diariamente:
Mensagens de Fé e de áudio, Novenas, Orações e muito mais no seu e-mail.

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Conversão: Esta história vai arrepiar sua alma. Veja aqui Leia Mais +
  • Milagres de Fátima: Nossa Senhora ouve os apelos aflitos de uma mãe Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima. Basta ligar para: 0800 608 2128

Rua: David Pimentel, 745, Fazenda Morumbi
CEP 05657-010 - São Paulo/SP

Política de Privacidade