A Celebração da Morte de Cristo

A Celebração da Sexta Feira Santa...
Jesus sendo condenado
Jesus sendo condenado

.
A Celebração da Sexta Feira Santa


H
oje não se celebra a missa em todo o mundo.

O altar é iluminado sem mantel, sem cruz, sem velas nem adornos.

Recordamos a morte de Jesus. Os ministros se prostram no chão frente ao altar no começo da cerimônia.

São a imagem da humanidade rebaixada e oprimida, e ao mesmo tempo penitente que implora perdão por seus pecados.

Vão vestidos de vermelho, a cor dos mártires:

De Jesus, o primeiro testemunho do amor do Pai e de todos aqueles que, como ele, deram e continuam dando sua vida para proclamar a libertação que Deus nos oferece.


Ação litúrgica na Morte do Senhor


1. A ENTRADA


A impressionante celebração litúrgica da Sexta-feira começa com um rito de entrada diferente de outros dias:

Os ministros entram em silêncio, sem canto, vestidos de paramentos vermelhos, a cor do sangue, do martírio;

Se prostram no chão, enquanto a comunidade se ajoelha, e depois de um espaço de silêncio, reza a oração do dia.


2. Celebração da Palavra


Primeira Leitura

Espetacular realismo nesta profecia feita 800 anos antes de Cristo, chamada por muitos o 5º Evangelho.

Que nos introduz a alma sofredora de Cristo, durante toda sua vida e agora na hora real de sua morte. Disponhamo-nos a vivê-la com Ele.


Leitura do Profeta Isaías 52, 13 ; 53


Eis que meu Servo há de prosperar, ele se elevará, será exaltado, será posto nas alturas. 

Exatamente como multidões ficaram pasmadas à vista dele – tão desfigurado estava seu aspecto e a sua forma não parecia a de um homem;

Assim agora nações numerosas ficarão estupefatas a seu respeito;

Reis permanecerão silenciosos, ao verem coisas que não lhes haviam sido contadas e ao tomarem consciência de coisas que não tinham ouvido.

Jesus sendo preso
Jesus sendo preso

Quem creu naquilo que ouvimos, e a quem se revelou o braço do Senhor?

Ele cresceu diante dele como um renovo, como raiz que brota de uma terra seca;

Não tinha beleza nem esplendor que pudesse atrair o nosso olhar, nem formosura capaz de nos deleitar.

Era desprezado e abandonado pelos homens, um homem sujeito à dor, familiarizado com a enfermidade;

Como uma pessoa de quem todos escondem o rosto; desprezado, não fazíamos nenhum caso dele.
E no entanto, era as nossas enfermidades que ele levava sobre si, as nossas dores que ele carregava. 

Mas nós o tínhamos como vítima do castigo, ferido por Deus e humilhado.


Mas ele foi trespassado por causa de nossas transgressões, esmagado em virtude de nossas iniquidades.

O castigo que havia de trazer-nos a paz, caiu sobre ele, sim, por suas feridas fomos curados.

Todos nós como ovelhas, andávamos errantes, seguindo cada um o seu próprio caminho, mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de todos nós. 

Foi maltratado, mas livremente humilhou-se e não abriu a boca, como cordeiro conduzido ao matadouro;


Como uma ovelha que permanece muda na presença de seus tosquiadores ele não abriu a boca.


Após a detenção e julgamento, foi preso.

Dentre os seus contemporâneos, quem se preocupou com o fato de ter ele sido cortado da terra dos vivos, de ter sido ferido pela transgressão do seu povo?

Deram sepultura com os ímpios, o seu túmulo está com os ricos, se bem que não tivesse praticado violência nem tivesse havido engano em sua boca.

Mas o Senhor quis feri-lo, submetê-lo à enfermidade.

Mas, se ele oferece a sua vida como sacrifício pelo pecado, certamente verá uma descendência, prolongará os seus dias, e por meio dele o desígnio de Deus há de triunfar.

Após o trabalho fatigante de sua alma ele verá a luz e se fartará.

Pelo seu conhecimento, o justo, meu Servo, justificará a muitos e levará sobre si as suas transgressões.

Eis porque lhe darei um quinhão entre as multidões;

Com os fortes repartirá os despojos, visto que entregou sua alma à morte e foi contado com os transgressores;


Mas na verdade levou sobre si o pecado de muitos e pelos transgressores fez intercessão.


Palavra do Senhor!


Salmo responsorial


Neste Salmo, recitado por Jesus na cruz, entrecruzam-se a confiança, a dor, a solidão e a súplica: com o Homem das dores, façamos nossa oração.


Sl 30, 2 e 6. 12-13. 15-16. 17 e 25.

Senhor, em tuas mãos eu entrego meu espírito.


Senhor, eu me abrigo em ti: que eu nunca fique envergonhado; Salva-me por sua justiça.

Liberta-me. Em tuas mãos eu entrego meu espírito, é tu quem me resgatas, Senhor.

Pelos opressores todos que tenho já me tornei um escândalo;

Para meus vizinhos, um asco, e terror para meus amigos.

Os que me vêem na rua fogem para longe de mim;

Fui esquecido, como um morto aos corações, estou como um objeto perdido.

Quanto a mim, Senhor, confio em ti, e digo: ” tú és o meu Deus!”.

Meus tempos etão em tua mão: liberta-me da mão dos meus inimigos e perseguidores.

Faze brilhar tua face sobre o teu servo, salva-me por teu amor.

Sede firmes, fortalecei vosso coração, vós todos que esperais no Senhor.


Segunda leitura 


O Sacerdote é o que une Deus ao homem e os homens a Deus…

Por isso Cristo é o perfeito Sacerdote: Deus e Homem. O Único e Sumo e Eterno Sacerdote.

Do qual o Sacerdócio: o Papa, os Bispos, os sacerdotes e dos Diáconos unidos a Ele, são ministros, servidores, ajudantes…


Leitura da Carta aos Hebreus 4,14-16; 5,7-9.


Temos, portanto, um sumo sacerdote eminente, que atravessou os céus: Jesus, o Filho de Deus.

Permaneçamos, por isso, firmes na profissão de fé.

Com efeito, não temos um sumo sacerdote incapaz de se compadecer das nossas fraquezas, pois ele mesmo foi provado em tudo como nós, com exceção do pecado.

Aproximemo-nos, então, com segurança do trono da graça para conseguirmos misericórdia e alcançarmos graça, como ajuda oportuna. 

É ele que, nos dias de sua vida terrestre, apresentou pedidos e súplicas, com veemente clamor e lágrimas, àquele que o podia salvar da morte;


E foi atendido por causa da sua submissão.


Embora fosse Filho, aprendeu, contudo, a obediência pelo sofrimento;

E, levado à perfeição, se tornou para todos os que lhe obedeceram princípio da salvação eterna.


Palavra do Senhor.


Versículo antes o Evangelho (Fl 2, 8-9)

Cristo, por nós, humilhou-se e foi obediente até a morte, e morte de cruz.

Por isso Deus o sobre-exaltou grandemente e o agraciou com o Nome que é acima de todo nome.

Como sempre, a celebração da Palavra, depois da homilia conclui-se com uma ORAÇÃO UNIVERSAL, que hoje tem mais sentido do que nunca:

Precisamente porque contemplamos a Cristo entregue na cruz como Redentor da humanidade, pedimos a Deus a salvação de todos, crentes e não crentes.


3. Adoração da Cruz


Depois das palavras passamos a um ato simbólico muito expressivo e próprio deste dia:


A veneração da Santa Cruz.


É apresentada solenemente a Cruz à comunidade, cantando três vezes a aclamação: 


“Eis o lenho da Cruz, onde esteve pregada a salvação do mundo. Ó VINDE ADOREMOS”;


E todos ajoelhados uns instantes de cada vez, e então vamos, em procissão, venerar a Cruz pessoalmente, com um genuflexão (ou inclinação profunda);

E um beijo (ou tocando-a com a mão e fazendo o sinal da cruz );

Enquanto cantamos os louvores ao Cristo na Cruz.


4. A comunhão


Desde de 1955, quando Pio XII decidiu, na reforma que fez na Semana Santa;

Não somente o sacerdote – como até então – mas também os fiéis podem comungar com o Corpo de Cristo.


Ainda que hoje não haja propriamente Eucaristia, mas comungando do Pão consagrado na celebração de ontem, Quinta-feira Santa;


Expressamos nossa participação na morte salvadora de Cristo, recebendo seu “Corpo entregue por nós”.

.
.
*  *  *

.

Receba Graças e Benção de Nossa Senhora agora mesmo

Veja como receber sua Medalha Milagrosa pelos correios agora mesmo.

Clique aqui e confira.

.
.

Clique aqui para receber sua Medalha Milagrosa pelos correios.
Clique aqui para receber sua Medalha Milagrosa pelos correios.

.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima.

Basta ligar para:

0800 608 2128

DÚVIDAS

Clique nas perguntas para ver as respostas

Quando você quiser. Trata-se doação espontânea e não de um título comercial que poderá ser protestado. Para cancelar basta ligar para (11) 4368 2253 ou até nos contatar por outros canais. Mas lembre-se que a sua doação é a forma de participar de um apostolado e até receber graças.

O Grupo Exército da Medalha Milagrosa é formado por pessoas que acreditam na intercessão de Nossa Senhora das Graças através da Medalha Milagrosa e querem espalhar essa devoção pelo Brasil, atendendo ao pedido que Ela fez: “Faça cunhar uma Medalha por este modelo…”. Nossa Senhora pode contar com você?

Quando fazemos algo que nos custa algum sacrifício, isso tem mais méritos aos olhos de Nossa Senhora, Mãe de Misericórdia. Quanto mais você fizer pela Virgem Maria, mais graças estará atraindo para a sua vida. Economizando uma moedinha por dia, 1,00 Real, ao final do mês você terá condições de participar do Grupo Apóstolos de Fátima. Faça um voto de fé e experimente.

Bem, além do cartão de crédito você pode nos ajudar de outras formas. Mas você também pode ver se algum familiar pode lhe emprestar seu cartão de crédito para debitar essa doação. Ele também será incluído nas Missas. Muitas vezes você pode utilizar um cartão de uma loja de departamento, até supermercado. Como um cartão da Riachuelo, C&A, etc., desde que tenham a bandeira VISA ou Mastercard.

Não precisa se preocupar. Nós contratamos um sistema de SITE SEGURO, exatamente como os bancos. Na hora de preencher seus dados no site, veja que terá um cadeadinho no canto superior esquerdo da tela. Ele á a garantia de um site 100% seguro. Pode confiar e ir em frente.

PARABÉNS. São poucas as pessoas que realmente agem para fazer o bem, sem egoísmo. Mas, pessoas como você, geralmente são mais solicitadas dos que os que nada fazem. E Deus, que a tudo vê, saberá recompensá-las. Faça esse gesto por Nossa Senhora de Fátima. Faça como uma promessa ou voto de fé. Ela certamente escutará as suas preces e lhe atenderá.

Claro. Mas lembre-se da Virgem Maria quando o Arcanjo Gabriel lhe perguntou se Ela queria ser a mãe do Messias. Mesmo pobre e mocinha ELA DISSE SIM, sem deixar para depois, afinal, era um pedido do Espírito Santo. Será que a Virgem Maria não está esperando o seu SIM bem agora? Por que deixar para depois?

Pense que a sua ajuda nos permitirá levar este símbolo de Proteção e Bênçãos Marianas a muitas famílias que necessitam. E lembre-se que você contará com missas semanais, terá seu nome levado até o Santuário de Nossa Senhora das Graças e outros presentes. Tudo para lhe agradecer por essa valiosa ajuda. Além disso, você certamente contará com as graças de Maria em sua vida.

Muitos pensam que Missa só se manda celebrar para os falecidos. Ao contrário, ter missas em nossas intenções, enquanto estamos nessa terra, é muito importante. Por isso decidimos por esta forma de lhe agradecer pela sua generosa doação, com este presente de valor infinito. Cada Missa é a renovação do sacrifício de Nosso Senhor.

Sem problemas. Nossa Senhora das Graças quer a ajuda daqueles que o fazem com generosidade e sinceridade. Uma doação obrigada nunca será bem vinda para um apostolado mariano com a missão de difundir a devoção a Nossa Senhora das Graças e a Medalha Milagrosa. Uma doação generosa e dada de boa vontade atrairá bênçãos para você, para sua família e para toda essa obra apostólica.