Como enfrentar as provações?

Sofrer, com paciência, é sabedoria, pois assim se vive com paz

Clique na imagem e veja como enviar uma carta para o Santo Padre Pio

As provações nos fortalecem para o combate espiritual; por isso, os Apóstolos sempre estimularam os fiéis a enfrentá-las com coragem. São Pedro diz: “Caríssimos, não vos perturbeis no fogo da provação, que se acendeu no meio de vós para vos provar; como se vos acontecesse alguma coisa extraordinária. Pelo contrário, alegrai-vos em ser participantes dos sofrimentos de Cristo…” (1 Pe 4,12).

Ensinando-nos que essas dificuldades nos levarão à perfeição: “O Deus de toda graça, que nos chamou em Jesus Cristo à sua eterna glória, depois que tiverdes sofrido um pouco, vos aperfeiçoará, fortificará e consolidará” (1 Pe 5,10).

O mesmo Apóstolo ensina-nos que a provação nos “aperfeiçoará” e nos tornará “inabaláveis”.

É importante não se deixar perturbar no fogo da provação. Não se exasperar, não perder a paz e a calma, pois é exatamente isso que o tentador deseja.

Uma alma agitada fica a seu bel-prazer. Não consegue rezar, fica irritada, mal-humorada, triste, indelicada com os outros e acaba deprimida.

O antídoto contra tudo isso é a humilde aceitação da vontade de Deus no exato momento em que algo desagradável nos ocorre, dando, de imediato, glória a Deus, como São Paulo ensina:

“Por tudo dai graças a Deus, porque esta é a vontade Deus em Jesus Cristo em relação a todos vós. (…) Examinai tudo; abraçai o que for bom. Guardai-vos de toda a aparência do mal.” (1 Tes 5,16-20).

É preciso fazer esse grande e difícil exercício de dar glória a Deus na adversidade. Nesses momentos é bom glorificar a Deus e rezar com frequência o “Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo…” até que nossa alma se acalme.

Essa atitude muito agrada ao Senhor, pois é a expressão da fé pura de quem se abandona aos Seus cuidados. É como a fé de Abraão que “esperava contra toda a esperança” (cf. Hb11,17-19), e assim, agradou a Deus.

Da mesma forma, Jó agradou muito a Deus porque no meio de todas as adversidades, tendo perdido todos os seus bens e todos os seus filhos, ainda assim soube dizer com fé:

“Nu saí do ventre da minha mãe, e nu tornarei para o seio da terra; o Senhor o deu, o Senhor o tirou, como foi do agrado do Senhor assim sucedeu; bendito seja o nome do Senhor! Em todas essas coisas Jó não pecou com os seus lábios, nem disse coisa alguma insensata contra Deus.” (Jo 1,21-22).

 

Afirmam os santos que vale mais um “Bendito seja Deus!”, pronunciado com o coração, no meio do fogo da provação, do que mil atos de ação de graças quando tudo vai bem.

O Jardineiro Divino da nossa alma sabe os métodos que deve empregar para limpar cada alma. Não nos se assustemos, pois, com as “podas” que Ele fizer no jardim de nossa alma.

Santa Teresa diz que ouviu Jesus dizer-lhe: “Fica sabendo que as pessoas mais queridas de meu Pai são as que são mais afligidas com sofrimentos”. E por isso afirmava que não trocaria os seus sofrimentos por todos os tesouros do mundo. Tinha a certeza de que Deus a santificava pelas provações. A grande santa da Igreja chegou a dizer que “quando alguém faz algum bem a Deus, o Senhor lhe retribui com alguma cruz”.

Para nós, essas palavras parecem um absurdo, mas não para os santos, que conheceram todo o poder de santificação e de salvação do sofrimento.

“O que agora é para nós uma tribulação momentânea e lig

eira, produz em nós um peso eterno duma sublime e incomparável glória.” (II Cor 4,17).

Quando São Francisco de Assis passava um dia sem nada sofrer por Deus, temia que o Senhor tivesse se esquecido dele. São João Crisóstomo, doutor da Igreja, diz que “é melhor sofrer do que fazer milagres, já que aquele que faz milagres se torna devedor de Deus, mas no sofrimento Deus se torna devedor do homem”.

As ofensas, as injúrias, os desprezos, os cinismos irritant

es, as doenças, as dores, as lágrimas, as tentações, a humilhação do pecado próprio, etc., nos são necessários, pois nos dão a oportunidade de lutar contra as nossas misérias.

Não se deve pensar que Deus seja o autor do mal ou que Ele se alegre com o nosso sofrimento. O que o Senhor faz, de maneira amável, é transformar o sofrimento, que é o salário do próprio pecado do homem, em instrumento de nossa própria salvação, dando assim, um sentido à nossa dor.

Sob a luz da fé, podemos sofrer com esperança. É o enorme abismo que nos separa dos ateus, para quem a dor e a morte continuam a ser o mais terrível dos absurdos da vida humana.

A provação produz a perseverança, e por ela, passo a passo, chegaremos à perfeição, como nos ensina São Paulo: “Também nos gloriamos nas tribulações, sabendo que a tribulação produz a paciência, a paciência produz a prova, e a prova a esperança, e a esperança não traz engano, porque a caridade de Deus está derramada em nossos corações pelo Espírito Santo …” (Rom 5,3-5).

Sofrer com paciência é sabedoria, pois assim se vive com paz. Quem sofre sem paciência e sem fé, desespera-se e sofre em dobro, além de fazer os outros sofrerem também.

Santo Afonso disse que “neste vale de lágrimas não pode ter a paz interior senão quem recebe e abraça com amor os sofrimentos, tendo em vista agradar a Deus”. Segundo ele “essa é a condição a que estamos reduzidos em consequência da corrupção do pecado”.

Faltam poucos dias para você enviar sua carta para que possamos levá-la até o Convento onde jaz o corpo incorrupto de Santo Padre Pio. Ele que soube como ninguém aguentar os sofrimentos, pois passou quase toda sua vida sofrendo com os estigmas na Paixão de Cristo em seu corpo. Clique aqui e escreva sua carta.

Excertos de http://blog.cancaonova.com/

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on email

2 Comentários

  • Peço oração para meu filho Marcos Francis que tenha a força de nunca mais usar droga como ele pediu a Nossa Senhora na Igreja de Trindade, que essa força seja aumentada cada dia e que o maligno afaste de sua vida. Pelo o coração de minha filha Ana Olivia e sua filhinha Jordania. Por minha saúde espiritual e de minha mãe. Amém . Por todas as pessoas que sofrem e não tem ninguém por eles.

    Resposta
  • Peço Oração p/ minha família principalmente Rafael Rodrigues Pereira que esta internado ele é dependente químico tenho muita fé que Nª Senhora de Fátima vai libertar eles dos vícios e também minha filha Raquel Rodrigues Pereira que também e dependente química e o namorado Natal Siva de Oliveira Junior também dependente químico, como sofro minha fé é imensa sei que DEUS e Nossa Senhora de Fátima vai nos libertar das drogas peço não só para minha família mais pra todas que sofrem com as drogas que atingem o mundo inteiro
    peço que coloca minha família nas Orações e na Missa do próximo sábado, peço também para aceder a vela de trinta dias para que meu filho Rafael Rodrigues Pereira absorva bem os ensinamento da Clinica tenha uma boa aceitação do tratamento já é a quinta internação dele eu jamais perco a Fé desta vez vai dá certo que ele vai se concientizar que tem que ficar longe dos colegas de ativa e de ambiente de ativa depois do tratamento tem que frequentimente ir nas reuniões de grupo de alta ajuda ser grato por ter tido ajuda e principalmente do nosso criador maior DEUS, que é amor ……..

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima.

Basta ligar para:

0800 608 2128

DÚVIDAS

Clique nas perguntas para ver as respostas

Quando você quiser. Trata-se doação espontânea e não de um título comercial que poderá ser protestado. Para cancelar basta ligar para (11) 4368 2253 ou até nos contatar por outros canais. Mas lembre-se que a sua doação é a forma de participar de um apostolado e até receber graças.

O Grupo Exército da Medalha Milagrosa é formado por pessoas que acreditam na intercessão de Nossa Senhora das Graças através da Medalha Milagrosa e querem espalhar essa devoção pelo Brasil, atendendo ao pedido que Ela fez: “Faça cunhar uma Medalha por este modelo…”. Nossa Senhora pode contar com você?

Quando fazemos algo que nos custa algum sacrifício, isso tem mais méritos aos olhos de Nossa Senhora, Mãe de Misericórdia. Quanto mais você fizer pela Virgem Maria, mais graças estará atraindo para a sua vida. Economizando uma moedinha por dia, 1,00 Real, ao final do mês você terá condições de participar do Grupo Apóstolos de Fátima. Faça um voto de fé e experimente.

Bem, além do cartão de crédito você pode nos ajudar de outras formas. Mas você também pode ver se algum familiar pode lhe emprestar seu cartão de crédito para debitar essa doação. Ele também será incluído nas Missas. Muitas vezes você pode utilizar um cartão de uma loja de departamento, até supermercado. Como um cartão da Riachuelo, C&A, etc., desde que tenham a bandeira VISA ou Mastercard.

Não precisa se preocupar. Nós contratamos um sistema de SITE SEGURO, exatamente como os bancos. Na hora de preencher seus dados no site, veja que terá um cadeadinho no canto superior esquerdo da tela. Ele á a garantia de um site 100% seguro. Pode confiar e ir em frente.

PARABÉNS. São poucas as pessoas que realmente agem para fazer o bem, sem egoísmo. Mas, pessoas como você, geralmente são mais solicitadas dos que os que nada fazem. E Deus, que a tudo vê, saberá recompensá-las. Faça esse gesto por Nossa Senhora de Fátima. Faça como uma promessa ou voto de fé. Ela certamente escutará as suas preces e lhe atenderá.

Claro. Mas lembre-se da Virgem Maria quando o Arcanjo Gabriel lhe perguntou se Ela queria ser a mãe do Messias. Mesmo pobre e mocinha ELA DISSE SIM, sem deixar para depois, afinal, era um pedido do Espírito Santo. Será que a Virgem Maria não está esperando o seu SIM bem agora? Por que deixar para depois?

Pense que a sua ajuda nos permitirá levar este símbolo de Proteção e Bênçãos Marianas a muitas famílias que necessitam. E lembre-se que você contará com missas semanais, terá seu nome levado até o Santuário de Nossa Senhora das Graças e outros presentes. Tudo para lhe agradecer por essa valiosa ajuda. Além disso, você certamente contará com as graças de Maria em sua vida.

Muitos pensam que Missa só se manda celebrar para os falecidos. Ao contrário, ter missas em nossas intenções, enquanto estamos nessa terra, é muito importante. Por isso decidimos por esta forma de lhe agradecer pela sua generosa doação, com este presente de valor infinito. Cada Missa é a renovação do sacrifício de Nosso Senhor.

Sem problemas. Nossa Senhora das Graças quer a ajuda daqueles que o fazem com generosidade e sinceridade. Uma doação obrigada nunca será bem vinda para um apostolado mariano com a missão de difundir a devoção a Nossa Senhora das Graças e a Medalha Milagrosa. Uma doação generosa e dada de boa vontade atrairá bênçãos para você, para sua família e para toda essa obra apostólica.