Catolicismo – a Fé autêntica. Quer PROVAS? Veja aqui! (Parte III)

Em quarto lugar, a verdade de nossa santa fé é provada, do modo mais evidente, por ter ela permanecido "imutável", desde o tempo dos apóstolos até o presente dia.
Praça de São Pedro, Vaticano
Praça de São Pedro, Vaticano

Santo Afonso de Ligório

Em quarto lugar, a verdade de nossa santa fé é provada, do modo mais evidente, por ter ela permanecido “imutável”, desde o tempo dos apóstolos até o
presente dia.


Os apóstolos e seus sucessores cuidaram seriamente em conservar sempre em toda a sua pureza original a doutrina do divino Salvador.

O próprio Senhor recomendou-lhes isso, dizendo:


“Ide pelo mundo inteiro e ensinai a todas as gentes… ensinando-as a observar todas as coisas que eu vos tenho mandado.” (Mt 28,19).


Por isso S. João admoesta os fiéis:

“O que ouvistes desde o princípio permaneça entre vós” (1 Jo 2,24).

E o apóstolo S. Judas escreve:

“Eu vos rogo instantemente que defendais zelosamente a fé que vos foi uma vez pregada” (Jud 3).

Semelhante é o conselho que S. Paulo dá aos Efésios:

“Sede solícitos em guardar a unidade do espírito” (Ef 4,3), e aos coríntios: “Rogo-vos… que não haja entre vós cismas, antes sejais perfeitos em um mesmo sentir e em um mesmo julgar” (1 Cor 1,10).

Estas admoestações foram seguidas à risca pelos pastores da Igreja em todo o tempo;

Eles deixaram, como diz S. Agostinho (Cont. Jul. 1,2, c.10), como uma herança a seus filhos o que seus pais lhe comunicaram e e conservaram o que encontraram na Igreja.

Por isso a Igreja Católica permaneceu a mesma em todos os tempos.


A doutrina que ela hoje prega, como a presença de Jesus no SS. Sacramento, a invocação dos Santos, a veneração das relíquias, a existência do purgatório, é a mesma que foi criada nos primeiros tempos de sua existência.
As diversas seitas, porém, que se separaram da Igreja Católica, nunca permaneceram firmes em suas doutrinas.
Leia-se por exemplo, a história das variações que se deram nas igrejas protestantes, escrita por Bossuet.


O mesmo orgulho que levou o fundador dessas seitas a negar a obediência à Igreja Verdadeira, desviou delas seus próprios adeptos e criou novos sistemas.

Por esta razão de suma importância para nós termos diante dos olhos a história das heresias.

Essa consideração nos apresenta a nossa fé na mais esplêndida luz, visto que ela permaneceu em todos os tempos a mesma e imutável e alimenta em nós o espírito de submissão à Santa Igreja, estimulando-nos também a agradecer a Deus ter-nos feito nascer na religião católica.

.
.
*  *  *
.
.

Fonte: osegredodorosario.blogspot.com

.
.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

1 Comentário

  • A terra gira em rotação e translação, de quando em quando faz mutações perfeitas. Tudo isto para nos preservar vivos e saudáveis, no Amor que Deus tem por nós humanos. Isto é a prova da perfeição do Nosso Senhor. Que Deus nos abençoe sempre! Louvado seja Deus infinitamente! Amém!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Cadastre-se:

Mais postagens

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima.

Basta ligar para:

0800 608 2128