As Sete Dores de Maria: Sétima Dor: Sepultura de Jesus

As Sete Dores de Maria: Sétima Dor: Sepultura de Jesus

 

Jesus sendo sepultado

Depois da Ressurreição, não é lícito falar de outras dores, por a morte ter sido vencida. Todavia, até ao dia em que não foram vencidos os laços da morte, existia ainda um grande sofrimento que Jesus quisera e que Maria devia aceitar, de maneira a que os que maltratassem as criaturas do Seu amor não ficassem sem esperança e sem consolação.

Também Nosso Senhor mergulha essa espada em Seu próprio Coração, por querer que homem nenhum sofresse castigo (devido ao seu pecado) que Ele próprio não sofresse. Assim como Jonas esteve três dias no ventre do peixe, assim Ele quis que O deixassem três dias no ventre da Terra.

O Credo dos Apóstolos diz bem, ao afirmar que Ele esteve sepultado.

Nosso Senhor não trespassou a Sua alma com o castigo da sepultura sem, ao mesmo tempo, ter trespassado, com essa dor, o coração de Maria. Quando isso aconteceu, a Terra estava coberta de trevas, sobre um crime de deicídio. A Terra tremeu… nesse cataclismo da natureza, Maria prepara para a sepultura o corpo do Seu Divino Filho.

O paraíso terrestre volta de novo, no momento em que Maria planta na Terra a Árvore da Vida, que florirá durante três dias. As dores de todos aqueles que perderam os seus, e que tão custosas são de suportar pelos corações humanos, caíam, com todo o seu peso, sobre a alma de Maria.

O mais que um mortal pode ter perdido é uma criatura: Maria, porém, sepultava o Filho de Deus!
É doloroso perder um filho, mas mais doloroso ainda é sepultar a Cristo.
É trágico ficar-se órfão de mãe, mas perder Cristo é o Inferno.

Tudo isto era particularmente verdadeiro, em relação a Jesus e Maria. Assim como Adão e Eva tinham cedido ao prazer de comerem o fruto proibido, assim também Jesus e Maria se uniram no prazer de comerem o fruto da Vontade do Pai.

Em tais momentos, não há solidão – mas uma grande desolação. Não a desolação exterior, como a dos três dias em que o Menino Jesus se considerava perdido para os Seus pais, mas a desolação interior, profunda, ao ponto de ultrapassar as lágrimas.

Certas alegrias são tão intensas que podem nem mesmo provocar um sorriso. Analogamente, certas dores são tais que não fazem correr uma só lágrima. A dor de Maria, no enterramento de Nosso Senhor, foi, porventura, dessa espécie.

Se Lhe tivesse sido possível chorar, talvez experimentasse alívio. Mas as Suas lágrimas eram de sangue, no jardim oculto do Seu Coração. Desolação nenhuma se poderia comparar à Sua.

A Divina espada não poderia trazer novas dores, nem para Jesus, nem para Maria. Mergulhara em Seus corações, até aos copos, até onde já não são possíveis as consolações do corpo. Para as outras dores, havia a consolação da presença. Agora, nem mesmo essa. O Calvário estava mergulhado no lúgubre silêncio de uma igreja, em Sexta-feira Santa, quando o Santíssimo Sacramento dela é retirado.

Dentro de pouco tempo, será arrancada a Espada porque a Ressurreição cura as feridas. No dia da Páscoa, o Salvador exibirá as cicatrizes da Sua Paixão, de modo a provar que o amor é mais forte que a morte.

Fonte: Rumo À Santidade

***

Conte com a  Virgem de Fátima para suportar todas as dores e vencer suas batalhas com exatidão. 

Receba conteúdos de inspiração católica no seu celular todos os dias que te ajudarão a se aproximar ainda mais de Nossa Senhora de Fátima.

Acesse aqui e faça parte da nossa comunidade no Telegram e o seu nome será lembrado na próxima Santa Missa.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on twitter
Share on email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima.

Basta ligar para:

0800 608 2128

DÚVIDAS

Clique nas perguntas para ver as respostas

Quando você quiser. Trata-se doação espontânea e não de um título comercial que poderá ser protestado. Para cancelar basta ligar para (11) 4368 2253 ou até nos contatar por outros canais. Mas lembre-se que a sua doação é a forma de participar de um apostolado e até receber graças.

O Grupo Exército da Medalha Milagrosa é formado por pessoas que acreditam na intercessão de Nossa Senhora das Graças através da Medalha Milagrosa e querem espalhar essa devoção pelo Brasil, atendendo ao pedido que Ela fez: “Faça cunhar uma Medalha por este modelo…”. Nossa Senhora pode contar com você?

Quando fazemos algo que nos custa algum sacrifício, isso tem mais méritos aos olhos de Nossa Senhora, Mãe de Misericórdia. Quanto mais você fizer pela Virgem Maria, mais graças estará atraindo para a sua vida. Economizando uma moedinha por dia, 1,00 Real, ao final do mês você terá condições de participar do Grupo Apóstolos de Fátima. Faça um voto de fé e experimente.

Bem, além do cartão de crédito você pode nos ajudar de outras formas. Mas você também pode ver se algum familiar pode lhe emprestar seu cartão de crédito para debitar essa doação. Ele também será incluído nas Missas. Muitas vezes você pode utilizar um cartão de uma loja de departamento, até supermercado. Como um cartão da Riachuelo, C&A, etc., desde que tenham a bandeira VISA ou Mastercard.

Não precisa se preocupar. Nós contratamos um sistema de SITE SEGURO, exatamente como os bancos. Na hora de preencher seus dados no site, veja que terá um cadeadinho no canto superior esquerdo da tela. Ele á a garantia de um site 100% seguro. Pode confiar e ir em frente.

PARABÉNS. São poucas as pessoas que realmente agem para fazer o bem, sem egoísmo. Mas, pessoas como você, geralmente são mais solicitadas dos que os que nada fazem. E Deus, que a tudo vê, saberá recompensá-las. Faça esse gesto por Nossa Senhora de Fátima. Faça como uma promessa ou voto de fé. Ela certamente escutará as suas preces e lhe atenderá.

Claro. Mas lembre-se da Virgem Maria quando o Arcanjo Gabriel lhe perguntou se Ela queria ser a mãe do Messias. Mesmo pobre e mocinha ELA DISSE SIM, sem deixar para depois, afinal, era um pedido do Espírito Santo. Será que a Virgem Maria não está esperando o seu SIM bem agora? Por que deixar para depois?

Pense que a sua ajuda nos permitirá levar este símbolo de Proteção e Bênçãos Marianas a muitas famílias que necessitam. E lembre-se que você contará com missas semanais, terá seu nome levado até o Santuário de Nossa Senhora das Graças e outros presentes. Tudo para lhe agradecer por essa valiosa ajuda. Além disso, você certamente contará com as graças de Maria em sua vida.

Muitos pensam que Missa só se manda celebrar para os falecidos. Ao contrário, ter missas em nossas intenções, enquanto estamos nessa terra, é muito importante. Por isso decidimos por esta forma de lhe agradecer pela sua generosa doação, com este presente de valor infinito. Cada Missa é a renovação do sacrifício de Nosso Senhor.

Sem problemas. Nossa Senhora das Graças quer a ajuda daqueles que o fazem com generosidade e sinceridade. Uma doação obrigada nunca será bem vinda para um apostolado mariano com a missão de difundir a devoção a Nossa Senhora das Graças e a Medalha Milagrosa. Uma doação generosa e dada de boa vontade atrairá bênçãos para você, para sua família e para toda essa obra apostólica.