Vida e morte de Irmã Lucia de Jesus

irmã Lucia de JesusLúcia de Jesus Santos. Nasceu em Aljustrel, Fátima, a 22 de Março de 1907 e foi baptizada a 30 de Março desse ano.

Saiu de Fátima para o Asilo de Vilar, no Porto, onde entrou em 17 de Junho de 1921.

Foi para Tuy, em Espanha, a 24 de Outubro de 1925, onde entrou como postulante no Instituto de Santa Doroteia, tendo seguido no dia 26 para o convento de Pontevedra. Em 20 de Julho de 1926, regressa a Tuy, onde toma o hábito de noviça em 2 de Outubro do mesmo ano.

Fez os primeiros votos temporários, em Tuy, em 3 de Outubro de 1928, e votos perpétuos em 3 de Outubro de 1934, também nessa cidade.

Veio para Portugal em 17 de Maio de 1946, tendo visitado Fátima entre 20 e 22 de Maio desse ano.

Entrou para o Carmelo de Santa Teresa, em Coimbra, em 25 de Março de 1948 e tomou o nome de Irmã Maria Lúcia de Jesus e do Coração Imaculado.

Voltou a Fátima a 13 de Maio de 1967, no Cinquentenário das Aparições, a pedido do Papa Paulo VI, em 12/13 de Maio de 1982, em 12/13 de Maio de 1991 e em 12/13 Maio de 2000, aquando das peregrinações do Papa João Paulo II.

Novas aparições de Nossa Senhora

Nossa Senhora voltou a aparecer-lhe em:

– 26 de Agosto de 1923, no Asilo do Vilar.

– 10 de Dezembro de 1925 e 15 de Fevereiro de 1926, em Pontevedra (revelação da devoção dos cinco primeiros sábados).

– 13 de Junho de 1929, em Tuy (pedido de consagração da Rússia e aparição de Santíssima Trindade).

Em 17 de Dezembro de 1927, a Irmã Lúcia descreve as aparições de Pontevedra, de Nossa Senhora e do Menino Jesus no dia 10 de Dezembro de 1925, e do menino Jesus em 15 de Fevereiro de 1926.

A pedido do Sr. Bispo de Leiria, D. José Alves Correia de Silva, Lúcia escreve as suas memórias:

– Primeira Memória em Dezembro de 1935, sobre a Jacinta.

– Segunda Memória em Novembro de 1937, sobre as aparições do Anjo e de Nossa Senhora.

– Terceira Memória em Agosto de 1941, as duas partes do segredo: visão do Inferno e devoção ao Imaculado Coração de Maria.

– Quarta Memória em Dezembro de 1941, sobre o Francisco e descrição pormenorizada das Aparições do Anjo e de Nossa Senhora.

Mais tarde a pedido do Reitor do Santuário, escreve:

– Quinta Memória em Fevereiro 1989, sobre o seu pai.

– Sexta Memória, em Março de 1993, sobre a sua mãe.

Memórias

Irma_Lucia_222Em Dezembro de 2000 foi editado o seu livro “Apelos da Mensagem de Fátima”, conjunto de textos que a Irmã Lúcia foi escrevendo ao longo de vários anos, em resposta a questões que lhe eram postas. O livro é dirigido aos peregrinos de Fátima e foi terminado em 25 de Março de 1997.

Faleceu no Carmelo de Santa Teresa, em Coimbra, no dia 13 de Fevereiro de 2005, lugar onde foi sepultada.

No dia 19 de Fevereiro de 2006 foi trasladada para a Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima (ao lado do túmulo da Jacinta).

Sua Santidade o Papa Bento XVI autorizou abreviar o prazo canónico para abertura do processo de beatificação da Irmã Lúcia. O anúncio foi feito no dia 13 de Fevereiro de 2008 pelo Cardeal D. José Saraiva Martins, prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, no Carmelo de Coimbra, onde presidiu à missa evocativa do terceiro aniversário da morte da vidente de Fátima.

Extraído do livro: “Para melhor conhecer Fátima”, disponível no site oficial do santuário de Fátima

Se você NÃO tem Facebook, comente abaixo a:
  1. Alexsandra
    26, maio, 2010 em 12:56 | #1

    Uma vida inteira consagrada a Deus. Louvado Seja Deus.

  1. Nenhum trackback ainda.

 

Receba diariamente:
Mensagens de Fé e de áudio, Novenas, Orações e muito mais no seu e-mail.

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Campanha: Reze uma Ave-Maria pelo Brasil – Saiba como participar Leia Mais +
  • Nossa Senhora de Lourdes jamais abandonará você. Saiba por quê. Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima. Basta ligar para: 0800 608 2128

Rua: David Pimentel, 745, Fazenda Morumbi
CEP 05657-010 - São Paulo/SP

Política de Privacidade