Vitória do NÃO à “Lei do Zipper”

ResultadoFinal aResultadoFinal bA enquete organizada pela “Agência Senado” e pela “SEPOP” (Secretaria de Pesquisas e Opinião Pública), durante todo o mês passado, teve seu resultado final divulgado  dia 1º-12-09:

.“Você é a favor da
aprovação do projeto de lei (PLC 122/2006), que pune a discriminação contra
homossexuais?”
• Sim – 48,46%
• Não – 51,54%
Total:465.326 votos

Venceu o NÃO, evidentemente, mas a vitória teria sido bem mais folgada não fossem a má formulação da pergunta e as diversas sabotagens (vide Você é a favor da aprovação da “Lei do Zipper”?).

Mas gostaria de neste post apenas comentar a má vontade dos responsáveis por tal enquete e pela notícia — tremendamente tendenciosa — divulgada pela “Agência Senado”, em 01/12/2009. Ei-la:
51,54% dos internautas defendem discriminação de homossexuais, idosos e deficientes

A maioria dos internautas que votou na enquete do mês de novembro da Agência Senado se posicionou contra a aprovação do PLC 122/06, que torna crime a discriminação contra idosos, deficientes e homossexuais. Do total, 51,54% foram contrários à proposta e 48,46% a favor. A enquete recebeu 465.326 votos, e foi a que mais mobilizou votantes desde que esse tipo de consulta foi criado.
____________
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)
http://www.senado.gov.br/agencia/verNoticia.aspx?codNoticia=97888&codAplicativo=2&codEditoria=8

1 – Cumpre primeiramente dizer que não se trata de defender a “discriminação de homossexuais, idosos e deficientes”. Aqueles que são contrários ao homossexualismo não o são por preconceito, mas por fidelidade aos preceitos decorrentes da moral, da lei natural e da lei Divina. E, devido a esses mesmos preceitos, não passarão a agredir os homossexuais. Para a proteção destes, como de qualquer cidadão brasileiro, já existe legislação penal estabelecida. Portanto, o projeto de lei 122/2006 é absolutamente dispensável. Ademais, justamente em razão dos preceitos mencionados, asseguram todo desvelo e carinho aos “idosos e deficientes”.

2 – Os responsáveis pela notícia maliciosa e pelo PL 122/06 “embrulham” promiscuamente, no mesmo “pacote” dos homossexuais, os respeitáveis “idosos e deficientes”. – Quem seria tão cruel a ponto de não desejar aos últimos especial proteção? Só mesmo algum tipo tão desumano e perverso como Calígula ou Stalin. Merecedores de todo o nosso desvelo e carinho, os “idosos e deficientes” foram incluídos no esdrúxulo PL para, “no tapetão”, ser também considerado crime qualquer crítica à prática homossexual. Nessa trapaça, o grande beneficiado é o vício antinatural.

Embora não seja “preconceito” a não aceitação do homossexualismo como coisa normal, os promotores deste insistem em tachar de “preconceituosos” os que lhe são contrários. Estes, sim, seriam discriminados, proibidos de falar e penalizados.

Seria a abolição da democracia e o estabelecimento de uma “ditadura homossexual” no Brasil? Passaria a vigorar no País a “Lei do Zipper”, com a supressão do direito constitucional da liberdade religiosa e da liberdade de expressão e o início de uma nova era de perseguição aos defensores dos valores familiares.

_______________

Agradecendo a todos que votaram na enquete pela defesa desses valores, alertamos que o perigo da aprovação em Brasília do PLC 122/2006 continua. Uma batalha foi ganha, mas não a guerra; esta será árdua enquanto o despropositado projeto estiver tramitando no Congresso Nacional. Estejamos sempre bem atentos, pois, segundo consta no portal do Senado: “A matéria ainda deve ser analisada, além da CDH, pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e pelo Plenário do Senado. Se aprovada por essas duas instâncias, volta à Câmara, pois o texto proveniente daquela Casa foi modificado”.
_______________
PS: Uma boa notícia que me acaba de chegar: o “casamento” homossexual foi derrotado ontem no Senado do Estado de Nova York, por 38 votos contra 24! Como sobre os EUA se pode dizer com acerto aquilo que alguém afirmou erroneamente a respeito da Venezuela, ou seja, que há “excesso de democracia”, os senadores novaiorquinos souberam interpretar o sentimento da população; e não se puseram a fazer joguinhos como aqui, misturando homossexuais com velhinhos, a fim de confundir a opinião pública e fazer passar aquilo que ela rejeita.

Senado do Estado de Nova York

———————————————————————————-

ResultadoFinal3

Se você NÃO tem Facebook, comente abaixo a:
  1. Thiago Rêgo
    10, dezembro, 2009 em 23:33 | #1

    São por esses motivos que vejo milhares de pessoas abondonarem a igreja… Parece que vcs nao acabaram com a inquisição… vejo que vocês tem uma concepção de Deus vingativo. Fico imaginando se todos os judeus, islãs e tantos outros irao pro inferno simplismente por nascerem onde nasceram… Pobre são aqueles que dirigem a igreja. A igreja em sí é Santa, mas seus dirigentes são uma desgraça mundial!

  2. Maria Alcina de Jesus Martins
    10, dezembro, 2009 em 11:28 | #2

    Que pena ser por tão pouco. Todo o cidadão tem o direito de defender seus valores morais e posionar-se dentro da sociedade CONTRA o que a eles se opõe. Descriminar idosos e defientes é cruel agora a homoxessualidade é contra a natureza e contra Deus. Realmente a enquete não foi bem formulada.

  1. Nenhum trackback ainda.

 

Você também gostará der ler...

Receba diariamente:
Mensagens de Fé e de áudio, Novenas, Orações e muito mais no seu e-mail.

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Leia Mais +
  • O Santo Padre Pio, devoto de Fátima, deixou pra você uma mensagem pra você! Veja Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima. Basta ligar para: (11) 4368-2253

Rua: David Pimentel, 745, Fazenda Morumbi
CEP 05657-010 - Sáo Paulo/SP

Política de Privacidade