Memórias de irmã Lucia – As provações dentro de sua própria casa

As conseqüências para os pastorinhos de Fátima que tiveram visões de Nossa Senhora

Vai pedir comida a essa Senhora

irmã Lucia de JesusNo seio da minha família havia ainda outro desgosto, de que eu era a culpada, como diziam. A Cova da iria era uma propriedade pertencente a meus pais. No fundo, tinha um pouco de terreno bastante fértil, no qual se cultivava bastante milho, legumes, hortaliças, etc.. Nas encostas havia algumas oliveiras, azinheiras e carvalhos.

Ora, desde que o povo aí começou a ir, não mais aí pudemos cultivar coisa alguma. As gentes tudo pisavam. Grande parte ia a cavalo, e os animais acabavam de comer e estragar tudo. Minha mãe, lamentando esta perda, dizia-me: “Tu, agora, quando quiseres comer, vais pedi-lo a essa Senhora!”. Minhas irmãs acrescentaram: “Tu agora, só havias de comer o que se cultiva na Cova da Iria!”

Estas coisas custavam-me tanto que eu não me atrevia a pegar num bocado de pão para comer. Minha mãe, para obrigar-me a dizer a verdade, como ela dizia, chegou, não poucas vezes, a fazer-me sentir o peso de algum pau, destinado ao lume, que encontrasse no canto da lenha, ou do cabo da vassoura.

Mas, como ao mesmo tempo era mãe, procurava depois levantar-me as forças decaídas, e afligia-se ao ver-me definhar, com uma cara amarela, temendo que fosse adoecer. Pobre mãe! agora, sim, que compreendo verdadeiramente a situação em que se encontrava, e que tenho pena dela! Na verdade, ele tinha razão para me julgar indigna dum tal favor e por isso de me julgar mentirosa.

Por uma graça especial de Nosso Senhor, nunca tive o menor pensamento nem movimento contra seu modo de proceder a meu respeito. Como o Anjo me tinha anunciado que Deus me mandaria sofrimentos, vi sempre em tudo isto Deus, que assim queria.

O amor, a estima e o respeito que lhe devia, continuou sempre aumentando, como se fosse muito acariciada. E agora estou-lhe mais reconhecida por me ter tratado assim, do que se me tivesse continuado a criar entre mimos e carícias.

Extraído do livro: “O Segredo de Fátima” – Irmã Lucia. Edições Loyola

  1. 29, junho, 2010 em 05:47 | #1

    GRA

  2. marcos benedito pinto de carvalho
    25, junho, 2010 em 20:47 | #2

    louvo nossa senhora tudo deu este milagre do dia 24/06/2010 e muito obrigado

  3. Eduardo Edison dos Reis
    20, junho, 2010 em 17:58 | #3

    No livro dos livros, o Evang

  4. Terezinha
    20, junho, 2010 em 09:37 | #4

    Sempre tive muita f

  5. neire aparecida camargos
    20, junho, 2010 em 08:15 | #5

    quero agradecer a N.S. F

  1. Nenhum trackback ainda.

Receba diariamente:
Mensagens de Fé e de áudio, Novenas, Orações e muito mais no seu e-mail.

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • “Tudo por Jesus, mas nada sem Maria!” Leia Mais +
  • O Horto das Oliveiras dos Pastorinhos de Fátima Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima. Basta ligar para: 0800 608 2128

Rua: David Pimentel, 745, Fazenda Morumbi
CEP 05657-010 - São Paulo/SP

Política de Privacidade