Memórias da Irmã Lúcia (parte II)

A irmã Lúcia nos conta em suas memórias o caso da conversão de uma mulher que sempre os insultava e perseguia os pastorinhos…

luciaaaHavia, no nosso lugar, uma mulher que nos insultava sempre que nos encontrava.

Um dia, quando ela saía de uma taberna, e como a pobre mulher não estava em si, dessa vez, não se contentou só em nos insultar.

Quando terminou, a Jacinta me disse:

– Temos que pedir a Nossa Senhora, e oferecer-lhe sacrifícios pela conversão desta mulher. Diz tantos pecados que, se não se confessa, vai para o Inferno.

Passados alguns dias, corríamos em frente da porta da casa desta mulher. De repente, a Jacinta pára no meio da sua corrida, e voltado-se para trás, pergunta:

Olha! É amanhã que vamos ver aquela Senhora?

– É, sim. – Então, não brinquemos mais. Fazemos este sacrifício pela conversão dos pecadores.

A mulherzinha espreitava por um postigo da casa, e depois, dizia ela a minha mãe, que a tinha impressionado tanto aquela ação da Jacinta, que não necessitava de outra prova para crer na realidade dos fatos.

E, daí para o futuro, não só não insultava, mas pedia-nos continuamente para pedirmos por ela a Nossa Senhora, que lhe perdoasse os seus pecados.

Leia Memórias da Irmã Lúcia (parte I)

Participe da homenagem ao centenário da Beata Jacinta de Fátima – Clique aqui para saber como.

banner_oratorio_maior

Se você NÃO tem Facebook, comente abaixo a:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.

 

Receba diariamente:
Mensagens de Fé e de áudio, Novenas, Orações e muito mais no seu e-mail.

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Através da fé, este Padre que conquistou Corações Leia Mais +
  • Visão de Fátima no Brasil – Perseguição à Igreja Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima. Basta ligar para: (11) 4368-2253

Rua: David Pimentel, 745, Fazenda Morumbi
CEP 05657-010 - Sáo Paulo/SP

Política de Privacidade