Irmã Lucia! Uma vida de milagres e conturbações! Você sabia dessa história? Confira

 

Lúcia de Jesus

Todos que se tornaram Santos, ou que foram somente beatificados, passaram por alguma situação conturbada, por exemplo;

Padre Pio recebeu os estigmas, Santa Teresinha sofrera de um ataque neurótico, Santa Bernadete sofria de asma crônica, tuberculose, vômitos de sangue, e outros santos que vieram a passar por situações muito parecidas, nenhum deles, por mais que fosse a situação desistiu do seu amor por Nosso Senhor, ou abalaram sua fé.

Devemos seguir o mesmo exemplo, não é mesmo?

Irmã Lucia, conhecida por ser uma dos 3 pastorinhos, também teve o seu momento, apesar de não ser muito conhecido.

Afinal Nossa Senhora, a testava em diversos momentos, e em seu livro autobiográfico;
Ela conta o pior momento em que passou durante as aparições de Nossa Senhora, uma delas foi a descrença de sua mãe, e também a tentação do maligno sobre ela, e por mais que chegou a quase desacreditar, manteve sua fé em Nossa Senhora.

Confira;

No mês de Julho, a pequena Lúcia foi extremamente provada.
Até mesmo sua mãe não acreditava nas aparições e, por influência de um sacerdote, dizia;

“A sua filha que estas poderiam ser obra do Demônio.”

A descrição dos acontecimentos nas palavras da própria Irmã Lúcia:

“Quanto esta reflexão me fez sofrer, só Nosso Senhor pode saber, porque só Ele pode penetrar nosso íntimo. Comecei, então, a duvidar se as manifestações seriam do Demônio que procurava, por esse meio, perder-me.
E, como tinha ouvido dizer que o Demônio trazia sempre a guerra e a desordem, comecei a pensar que, na verdade, desde que via estas coisas, não tinha tido mais alegria nem bem-estar em nossa casa.
Que angústia que eu sentia! Manifestei a meus primos a minha dúvida.”

A Jacinta respondeu:

– Não é o Demônio, não! O Demônio dizem que é muito feio e que está debaixo da terra, no inferno; e aquela Senhora é tão bonita! E nós vimo-La subir ao Céu.

Irmã Lucia, relata que por tantas situações que vieram o ocorrer durante o mês, se sentia desmotivada.

Sua fé estava abalada, já que poucos acreditavam em suas palavras e passou a achar mesmo que era o Maligno agindo, para que ela agisse conforma sua vontade. 

Certa noite, quando fora dormir, com pensamentos horrendos, ela relata:

-Vi o Demônio que, rindo-se de me ter enganado, fazia esforços por me arrastar para o inferno. Ao ver-me nas suas garras, comecei a gritar em tal forma, chamando por Nossa Senhora!

Após acordar não se lembra de absolutamente nada, nem o que responderá sua mãe, ainda assim, se sentia mais abalada, a ponto de querer se isolar, de sua família, vida e de seus primos.

Até que se encontrou com eles e decidiu que na próxima aparição de Nossa Senhora, que seria em 13 de Julho, não iria mais, com medo de ser realmente o Maligno atentando-a.

E seus primos também não iriam sem a presença dela. 

Ela conta que ao acordar, no dia, sentiu-se impelida a ir, por uma força estranha, a que não me era fácil resistir

Fora isso, teve que estar presente num tribuna;

Contava com total apoio de seus pais, porém teve desmerecimento e sinais de desgosto.

E tudo isso porque não acreditavam que a mesma havia realmente visto Nossa Senhora.

Ela relata:

– Vendo que nada conseguiam,  despediu-me, protestando que o havia de conseguir, ainda que para isso tivesse de tirar-me a vida.

Fonte: Memórias da Irmã Lúcia.

.
.
*  *  *

bt_oferta_ADF-2 (1)

Se você NÃO tem Facebook, comente abaixo a:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.

Você também gostará der ler...

Receba diariamente:
Mensagens de Fé e de áudio, Novenas, Orações e muito mais no seu e-mail.

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Vídeo: Ele entrou na Igreja como judeu e saiu como Católico! Saiba como Leia Mais +
  • Vídeo: Os Milagres da Medalha Milagrosa Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima. Basta ligar para: 0800 608 2128

Rua: David Pimentel, 745, Fazenda Morumbi
CEP 05657-010 - São Paulo/SP

Política de Privacidade