Crack no Brasil: “invento do diabo para acabar com a humanidade”

A imagem dos santos despedaçados num altar da escola estadual Benício Dantas, em Maceió, é símbolo do drama dosFumando-crack professores agredidos pela difusão das drogas entre os alunos, segundo “O Globo”.  A depredação de escolas públicas se espraia pelas cidades brasileiras.

Para o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC), o aumento na circulação do crack no Brasil pesou decisivamente nessa sinistra balança.

No SUS, o crack é a segunda maior causa de atendimentos especializados em álcool e drogas, só perdendo para a bebida, explicou Pedro Gabriel Delgado, coordenador do Programa de Saúde Mental do Ministério da Saúde.

O Instituto de Psiquiatria da UFRJ promoveu um Programa de Estudos e Assistência ao Uso Indevido de Drogas (Projad). Ele constatou que, em março de 2007, 15% dos entrevistados experimentaram o crack, mas em junho de 2008, a proporção subiu para 25%. O vício está largamente difundido entre moradores de rua da cidade maravilhosa.

O Programa de Redução de Danos da Universidade Federal da Bahia atendeu só em Salvador, de 2006 a 2009, 5.618 novas vítimas. E estas cifras só incluem os que tentam abandonar o crack.

Centro Velho em São Paulo

Cracolândia: Centro Velho em São Paulo

Em 2006, só 26% dos novos dependentes de drogas socorridos consumiam crack. Em 2009, a proporção foi para 34%; e em 2008, a 37,8%. 25% dos onze mil moradores de rua de São Paulo estão escravizados pelas drogas químicas.

Há múltiplas iniciativas a diversos níveis: federais, estaduais, municipais, policiais, universitários, etc. Porém, nada parece conter o crescimento dessa droga especialmente devastadora.

E o pior é que ela não se limita às populações marginais. Pessoas das classes médias ou abastadas, inclusive empresários já caíram em suas garras.

Em Divinópolis, Minas Gerais, há nove comunidades terapêuticas com 300 vagas, todas elas apinhadas de jovens e adultos escravizados, ricos ou não.

“Essa droga foi a forma mais inteligente que o diabo inventou para acabar com a humanidade. E está conseguindo”, comentou uma vítima.

De fato, só uma reforma religiosa da sociedade e da família poderá cortar pela base o crescimento dessa praga. Porém, essa reforma deveria começar pelo clero, de onde deveriam vir pregações doutrinárias e estímulos de práticas religiosas que o “progressismo” desqualifica por serem “retrogradas” ou “tradicionais”.

Enquanto essa reforma religiosa não vier o “diabo” seguirá espalhando esse “invento para acabar com a humanidade”…


Fonte: Blog Luz de Cristo

Se você NÃO tem Facebook, comente abaixo a:
  1. reinaldo pscheidt
    22, abril, 2010 em 11:19 | #1

    acho que o problema é que tem muita gente “importante” usufruindo deste mal que está disponível em qualquer esquina do brasil, tanto nas capitais como no interior das cidades, e o governo “faz de conta” que está preocupado. é lamentável que muita gente está entrando nesse mundo que só tem um fim, o caixão.

  2. maria de fatima manoél moraes
    6, abril, 2010 em 12:40 | #2

    SENHOR ajudai para k seus filhos sejam conduzidos para o caminho do bem

  3. ana
    6, abril, 2010 em 02:03 | #3

    É a triste realidade do sistema educacional brasileiro.

  4. Maria
    6, abril, 2010 em 02:01 | #4

    Esse Brasil tá ruím mesmo. Fico aqui sempre a pensar onde é que tem um lugar no Brasil que é bom. Há 21 anos passados novinhos ainda e mais as malogradas administrações federais, educação formal esvaziada, famílias descontroladas porque o tecido social está corrompido, doente, a política do quanto pior melhor, o crescimento aumento das religiõ mais de uma ausente RELIGIOSIDADE e as drogas lícitas e ilícitas cada vez sendo mais receitada e não receitas faz aumentar as tragédias humanas encenada diante do factual
    dantescas empobrecendo e marginalizando um grande número de pessoas notadamente os jovens e todo ciclo de vida hominal.

    castelos desmoronarem com poucas ou quase nenhuma perspectiva de sobrevivência planetária

  1. Nenhum trackback ainda.

 

Receba diariamente:
Mensagens de Fé e de áudio, Novenas, Orações e muito mais no seu e-mail.

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima. Basta ligar para: 0800 608 2128

Rua: David Pimentel, 745, Fazenda Morumbi
CEP 05657-010 - São Paulo/SP

Política de Privacidade