Por que a imprensa chinesa criou mentiras alucinantes sobre importantes fatos ocorridos em seu país? Descubra.

Anti comunismo.

.
Qualquer ministério da falcatrua informativa e ideológica dificilmente bate os recordes de antologia verificados na China.

Alguns, porém, defendem que talvez na Rússia de Putin o nível de falsidade seja superior.

orwelliano Ministério da Verdade não é uma invenção novelesca. Ele existiu, e existe ainda!

.
Muitos o surpreendem quase todo dia com a mão na massa, agindo em certa grande mídia tida como respeitável e em alguns governos – aliás, não poucos– empossados legal ou ilegalmente.

Porém, qualquer ministério da falcatrua informativa e ideológica dificilmente bate os recordes de antologia verificados na China. Alguns, porém, defendem que talvez na Rússia de Putin o nível de falsidade seja superior.

Decida o leitor.

Milhares de carcaças podres no rio que fornece água potável a Shangai.

Em março de 2014, apareceram boiando no rio Huangpu, que passa por Xangai, milhares de carcaças de porcos em avançado estado de putrefação.

.
Uma granja estatal reconheceu que tinham morrido tantos porcos, que não dava para enterrá-los.

Então eles foram sumariamente jogados no rio.

A causa detectada foi uma epidemia de circovirus suíno. Funcionários sanitários passaram vários dias para retirar os porcos que estavam na superfície.

Os moradores de Xangai ficaram estarrecidos, porque é desse rio que a prefeitura extrai a água potável da cidade.

Porém, a mídia do governo, segundo noticiou a CNN, defendeu que a água estava boa e que não apresentava sinais de poluição.

Um usuário da Weibo (o Twitter chinês) perguntou ironicamente: “Desde quando achar porcos apodrecidos boiando no maior rio não é um problema público de saúde?”

E outro acrescentou: “Se aparentemente a água não está contaminada, vinde, ó nossos grandes líderes, tomar o primeiro gole!”

Antes e depois da famosa foto do "homem na frente do tanque" ser manipulada.

A agência de notícias oficial Xinhua, que funciona como a própria boca do Partido Comunista Chinês;
.
Remodelou com tecnologia digital a famosa foto do “homem do tanque”, segundo informou o“The Epoch Times”, jornal chinês com sede em Nova York.

.
Os fotógrafos flagraram um simples cidadão, Wang Weilin;

Que conseguiu deter uma coluna de tanques que avançava rumo à Praça Tiananmen, no centro de Pequim, no dia 4 de junho de 1989.

 

 

Pouco depois, os mesmos tanques esmagaram os protestos dos estudantes que pediam a liberalização do regime e o fim da ditadura comunista.

Foi o massacre de Tiananmen que marcou uma data simbólica na repressão socialista.

A foto é rigorosamente proibida na China.

A agência oficial Xinhua produziu uma versão “politicamente correta” da foto. Nela o milhares de pessoas em ambos os lados da avenida foram acrescentadas, dando a impressão de que estão ovacionando a passagem dos tanques.

Em julho de 2011, dois trens-bala colidiram em Wenzhou, na província de Zhejiang. Meia dúzia de vagões descarrilou e quatro outros caíram do alto da ponte por onde circulavam.

 

Governo faz desaparecer sem investigação os resto do trem bala de Whenzhou

O número definitivo dos mortos foi mais de 40, além de 200 feridos.

Nenhum dos grandes jornais do Estado sequer mencionou o grave acidente.

As autoridades mandaram tratores e rolos compressores esmagar os vagões precipitados do alto, sem tirar os corpos de dentro.

 

Tudo ficou sepultado e encoberto, sem qualquer possibilidade de se saber quem ficou ali para sempre e as causas do desastre.

O governo disse que não houve sobreviventes, mas operários que esmagavam os restos narraram ter encontrado uma menina viva.

Interrogado no dia seguinte durante uma conferência de imprensa, o porta-voz do Ministério das Ferrovias, Wang Yongping, explicou:

“Eles me disseram que enterraram os vagões para facilitar os trabalhos de resgate”.

Alguém lhe perguntou como explicava o caso da menina viva. O porta-voz do ateísmo não achou melhor resposta do que dizer: “Foi um milagre. Ainda que você não acredite em milagres, de qualquer forma eu acredito”.

A indignação popular foi grande diante do tratamento oficial do desastre, pois visou abafar o acontecido e sumir grosseiramente com as provas.

Um usuário da rede social Sina Weibo ironizou: “Este é um país onde uma tempestade de raios pode fazer colidir os trens, onde um carro pode fazer cair a ponte e onde beber leite (contaminado segundo instruções do Ministério da Saúde) produz pedras no rim…

A China hoje parece esse trem viajando a toda velocidade numa tempestade de raios – e nós somos os passageiros dentro dele”.

.
.
*  *  *

.
.
Fonte: http://ipco.org.br/ipco/mundo/fique-de-olho/china/mentiras-alucinantes-na-imprensa-socialista-chinesa

.

 

Se você NÃO tem Facebook, comente abaixo a:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.

 

Receba diariamente:
Mensagens de Fé e de áudio, Novenas, Orações e muito mais no seu e-mail.

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Mais de 1 Milhão de pessoas já assistiram a este vídeo, menos você… Leia Mais +
  • A História da Medalha Milagrosa – Parte 5: Santa Catarina vê Nossa Senhora pela primeira vez Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima. Basta ligar para: 0800 608 2128

Rua: David Pimentel, 745, Fazenda Morumbi
CEP 05657-010 - São Paulo/SP

Política de Privacidade