A missão da beata Jacinta em salvar a alma dos pecadores – Parte final

Poderosa intercessora diante de Nossa Senhora

jacint2Tanto ardor de devoção ao Imaculado Coração de Maria, que queimava dentro de seu peito, nos faz compreender que era procurada já em vida para obter graças especiais de Nossa Senhora. Narra Lúcia: “Encontrou-nos, um dia, uma pobre mulher e, chorando, ajoelhou-se diante de Jacinta, a pedir-lhe que obtivesse de Nossa Senhora a cura de uma terrível doença. A Jacinta, ao ver de joelhos diante de si uma mulher, afligiu-se e pegou-lhe nas mãos trêmulas para a levantar. Mas vendo que não era capaz, ajoelhou-se também e rezou com a mulher três Ave-Marias; depois pediu-lhe que se levantasse, que Nossa Senhora havia de curá-la. E não deixou mais de rezar todos os dias por ela, até que, passado algum tempo, tornou a aparecer para agradecer a Nossa Senhora a sua cura” (I Memória, p. 40).

Um outro caso, dentre muitos, também narrado por Lúcia:

“Uma tia minha, casada na Fátima, de nome Vitória, tinha um filho que era um verdadeiro pródigo. Não sei por quê, havia tempo que tinha abandonado a casa paterna, sem se saber que era feito dele. Aflita, minha tia veio um dia a Aljustrel, para eu pedir a Nossa Senhora por aquele seu filho. Não me encontrando, fez o pedido à Jacinta. Esta prometeu pedir por ele. Passados alguns dias, apareceu em casa a pedir perdão aos pais, e depois foi a Aljustre contar a sua desventurada sorte.

Depois (contava ele) de haver gastado tudo que tinha roubado, andou vário tempo por lá, feito vadio, até que foi metido na cadeia de Torres Novas. Algum tempo depois de ali estar, conseguiu uma noite escapar-se e meteu-se por entre montes e pinhais desconhecidos. Julgando-se completamente perdido, entre o susto de ser apanhado e a escuridão da noite cerrada e tempestuosa, encontrou-se com o único recurso da oração. Caiu de joelhos e começou a rezar. Passados alguns minutos, afirmava ele, apareceu-lhe a Jacinta, pegou-lhe pela mão e o conduziu à estrada de macadame que vem do Alqueidão ao Reguengo, fazendo-lhe sinal que continuasse por ali. Quando amanheceu, achou-se a caminho de Boleiros, reconheceu o ponto onde estava e, comovido, dirigiu-se à casa dos pais.

Ora bem, ele afirmava que a Jacinta lhe tinha aparecido, que a tinha reconhecido perfeitamente. Eu perguntei a Jacinta se era verdade ela lá ter ido com ele. Respondeu-me que não, que nem sabia onde eram esses pinhais e montes onde ele se perdeu.

— Eu só rezei e pedi muito a Nossa Senhora por ele, com pena da tia Vitória.

Corpo incorrupto de Jacinta

Corpo incorrupto de Jacinta

— Como foi então isso?

— Não sei, sabe-o Deus” (IV Memória, pp. 175-176).

Podemos imaginar perfeitamente que um anjo tomou a figura de Jacinta, para indicar ao beneficiado a intercessora de sua salvação!

Se tal é o poder de intercessão de Jacinta junto a Nossa Senhora, os devotos de Fátima podem valer-se dela em suas necessidades materiais e espirituais, acrescentando no fim de sua oração a jaculatória: Beata Jacinta Marto, rogai por nós! Mas ela se identificou de tal maneira com a Mensagem de Fátima, que seria melhor invocá-la, como a chama o Pe. Fernando Leite SJ, como Beata Jacinta de Fátima.

Parece-nos que, neste ano do centenário do seu nascimento, seria esta uma homenagem que agradaria a Nossa Senhora. Julgue a Santa Igreja esta despretensiosa sugestão!

Fonte: Revista Catolicismo

Clique na imagem e saiba como receber o livro que conta a história da beata Jacinta

Clique na imagem e saiba como receber o livro que conta a história da beata Jacinta

Bibliografia

· Memórias da Irmã Lúcia, compilação do Pe. Luís Kondor SVD, Vice-Postulação–Fátima, 6ª Ed., 1990.

· Cônego José Galamba de Oliveira, Jacinta, Gráfica de Leiria, 7ª Ed., 1976.

· Padre Joaquín María Alonso CMF, Doctrina y espiritualidad del Mensaje de Fátima, Cap. VIII, Jacinta, la víctima de la reparación cordimariana, Arias Montano Editores, 1990, pp. 131-147.

· Padre Fernando Leite SJ, Jacinta de Fátima, Editorial A.O., Braga, 5ª Ed., 1999


Se você NÃO tem Facebook, comente abaixo a:
  1. Maria Cristina Borges
    15, maio, 2014 em 12:02 | #1

    BEATA JACINTA, UM ANJO DE DEUS AQUI NA TERRA! ROGA POR TODOS NÓS, AMÉM!

  2. Francisco Diassis Alves Ferreira
    21, novembro, 2013 em 19:16 | #2

    Precisamos de muitos corações puros como o da menina Jacinta rogando por nós, nesse mundo em estado de pecado crescente. Que a Beata Jacinta de Fátima, continue fiel em seus rogos pelos pecadores. Amém.

  3. José Donizete Martins
    3, janeiro, 2012 em 15:18 | #3

    Obs: Jacinta e seus Irmãos, para mim, foram escolhidos para este surpreendente encontro com Nossa Senhora para que a propria Nossa Senhora através de corações
    de crianças se espelhace no coração da humanidade, para uma nova reflexão e oportunidades no reflorecer na fé.

  4. geane
    11, março, 2011 em 15:11 | #4

    BeATa Jacinta de Fatima rogai por nos pecadores,amém.

  5. Tenile Morgana Christmann
    20, abril, 2010 em 23:40 | #5

    Foi uma menina linda aos Olhos do Pai, deve um amor grande pela Nossa Senhora, que tanto rezou para os sacrifícios dos pobres pecadores.

    Beata Jacinta de Fátima, rogia por nós.

    Amém!

  6. Maria helena
    20, abril, 2010 em 19:02 | #6

    Que testemunho maravilhoso!!! Que amor esta menina tinha por Deus, Nossa Senhora!!!
    Santa Jacinta de Fátima , rogai por nós

    Obs: acho que já podemos assim dizer, pois pra nós ela é.

  1. Nenhum trackback ainda.

 

Receba diariamente:
Mensagens de Fé e de áudio, Novenas, Orações e muito mais no seu e-mail.

Pesquisar no site

Veja o que acabamos de publicar

  • Rosário, nossa confiança contra às ciladas do inimigo! Leia Mais +
  • Sabia que um sacerdote inventou uma das principais escalas de medição de sismos? Leia Mais +
  • Hoje padre Manoel da Nóbrega completa 500 anos, o que mudou? Leia Mais +
  • Mês do Rosário! Uma arma contra os inimigos da Fé! Leia Mais +
  • Mês do Rosário. Lepanto, uma vitória do Rosário! Leia Mais +
Topo ↑

Inclua agora seu nome na Missa de Nossa Senhora de Fátima. Basta ligar para: (11) 4368-2253

Rua: David Pimentel, 745, Fazenda Morumbi
CEP 05657-010 - Sáo Paulo/SP

Política de Privacidade