Página Inicial > Boletim > Há dois tipos de arrependimento – O Perfeito: por amor de Deus e o Imperfeito: por medo do inferno

Há dois tipos de arrependimento – O Perfeito: por amor de Deus e o Imperfeito: por medo do inferno

10, setembro, 2013

COMO FAZER UM ATO DE CONTRIÇÃO PERFEITA

Pouco antes da eclosão da II Guerra Mundial, São Maximiliano Kolbe escreveu uma carta aos seus dirigidos.

O objetivo desta carta era exortar os seus discípulos a se prepararem para a festa da Imaculada Conceição, 8 de dezembro, que se aproximava.

Mas também mostrou-lhes como receber o perdão para os pecados, na guerra que se avizinhava, onde os padres eram escassos e era difícil receber a confissão sacramental.

Ele escreveu:

“Quem pode, deve receber o sacramento da Penitência. Quem não pode, por causa das circunstâncias que impedem, deve purificar  a sua alma por atos de contrição perfeita. Isto é, a tristeza de uma criança amorosa que não considera tanto a dor ou recompensa quando ela pede o perdão de seu pai e de sua mãe, a quem ele deu descontentamento.”

Esta é uma magnífica fórmula e lição sobre como fazer um ato de contrição perfeita.

Como a maioria das pessoas sabe, existem dois tipos de contrição:

- Perfeito: por amor de Deus;

- Imperfeito: por medo do inferno.

A Doutrina católica distingue um duplo ódio do pecado. Um, a contrição perfeita, decorrente do amor de Deus, que foi gravemente ofendido; o outro, a contrição imperfeita.  Esta resulta principalmente por causa de outros motivos, tais como a perda do céu, o medo do inferno, a hediondez do pecado, etc. (Concílio de Trento, Sess. XIV, cap. iv de Contritione). (A Enciclopédia Católica, “Contrição”)

Quando fazemos a confissão sacramental (com um sacerdote), a contrição imperfeita é suficiente para recebermos  o perdão de nossos pecados.

No entanto, em circunstâncias extraordinárias em que não podemos fazer a confissão sacramental, devemos fazer um ato de contrição perfeita, o que é suficiente para ter nossos pecados perdoados.

Importante: O ato de contrição perfeita inclui o desejo do sacramento da Penitência (ou reconciliação) e da intenção de receber a confissão sacramental na primeira oportunidade.

NOTA: Aquele que está consciente de pecado mortal não pode receber a Santa Eucaristia sem prévia confissão sacramental.

O fato de que podemos sempre fazer um ato de contrição perfeita, em qualquer circunstância e em qualquer momento, é muito consolador e muito importante dele lembrarmos frequentemente.

Sobretudo quando pensamos em nossos soldados que estão em perigo. Eles podem não ter um capelão junto da tropa, antes de entrar em ação. Nesse caso, eles devem sempre dizer um ato de contrição perfeita.

Na verdade, não é só em circunstâncias extraordinárias que devemos fazer atos de contrição perfeita. A qualquer momento, se tivermos a infelicidade de cometer um pecado mortal, devemos procurar reconciliar-nos com Deus, logo que possível, por um ato de contrição perfeita, antes de ir para o trabalho.

Além disso, mesmo não tendo incorrido em pecado grave, devemos fazer frequentes atos de contrição perfeita para pedir perdão pelos pecados graves do passado, e dos pecados veniais do presente.

Ao fazê-lo, manifestamos nosso amor por Deus. E provamos nossa aversão ao pecado, que O ofende. Procedendo assim, certamente receberemos as graças mais abundantes para não mais pecar. Uma prática altamente recomendada é incluir um ato de contrição em nossas orações de “antes de dormir”.

Ato de Contrição

Ó meu Deus, sinceramente me arrependo de ter-vos ofendido; detesto todos os meus pecados, porque temo a perda do céu, e as consequentes penas do inferno, mas, acima de tudo, porque eles ofendem a Vós, meu Deus, que sois tudo de bom e merecedor de todo o meu amor. Estou firmemente resolvido, com a ajuda da vossa graça, a confessar os meus pecados, para fazer penitência, e para mudar de vida para não mais pecar. Amém.

Traduzido do blog America needs Fatima 

Conheça nossas campanhas de Apostolado:
CD de Súplicas a Maria
Medalha de São Miguel
Estampa Sagrado Coração de Jesus e Maria

Receba diariamente as mensagens
dos devotos de Fátima em seu e-mail.
Cadastre-se aqui!

Tags:
  1. ombelinafurlani
    10, setembro, 2013 em 14:33 | #1

    SALVE MARIA !
    FIQUEI MUITO FELIZ POR RECEBER O CHAVEIRO A MIM ENVIADO, ESTE VAI POR EU ANDAR.
    OBRIGADA !
    PAZ E BEM !

  2. 10, setembro, 2013 em 11:31 | #2

    Muito bom o artigo

  3. Raimundo Nonato S. de Jesus
    10, setembro, 2013 em 11:04 | #3

    Senhor, me perdoa por não ter conseguido fazer o que me comprometi contigo, mas vou te prometer que vou conseguir alcançar o que eu prometi a ti, que o Senhor me acompanhe nessa caminhada para que eu não possa fraquejar jamais! Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém!

  4. sandra helena vallim babrosa stringheta
    10, setembro, 2013 em 10:49 | #4

    Como é bom nos prostar diante de Deus e reconhecermos que somos pecadores.Sómente através de sua Graça e misericórdia podemos ser renovados e viver conforme a vontade do Pai.Que a penitência nos ensine a não pecar e nos desvie do caminho das trevas.Amém!

  5. 10, setembro, 2013 em 10:34 | #5

    OBRIGADO PELA MINHA SAUDE NESTE MUNDO DE MEU DEUS AMEM. PELA SABEDORIA DADA POR DEUS NOSSO PAI AMEM. HOJE NAO RECLAMO DE NADA SO AGRADEÇO A DEUS PELA VIDA E A FE EM DEUS NOSSO PAI AMEM

  6. 10, setembro, 2013 em 09:16 | #6

    Pela recuperação de meus glóbulos brancos. Pela recuperação de minha saúde fisica e espiritual

  7. Maria das Gracas Silva dos santos
    10, setembro, 2013 em 04:14 | #7

    Senhor, que nosso arrependimento seja nao por medo dos julgamentos alheios ou das punições que podemos receber, mas um sincero voto de nao mais Vos ofender porque sois um verdadeiro irmão e pai para nos que tanto precisamos de Tua mão que nos sustenta.

  1. Nenhum trackback ainda.

Please insert the signs in the image: